Notícias Poder Público Salvador Saúde

Testagem rápida contra Covid-19 chega ao bairro do Bonfim

Foto:  Bruno Concha/ Secom
Foto: Bruno Concha/ Secom

O estacionamento do Largo da Baixa do Bonfim, na Cidade Baixa, é o novo ponto itinerante de testagem rápida contra a Covid-19. A iniciativa começou na manhã desta terça-feira (4) e ficará instalada no local até a sexta-feira (7).

Por dia, são realizados entre 150 e 200 testes, a depender da demanda na localidade. No Bonfim, a procura tem sido bastante grande e, somente nas duas primeiras horas de ação, dos 50 exames realizados, sete tiveram o resultado positivo para a Covid-19.

Os resultados demoram de 15 a 20 minutos para serem entregues. A Central de Operações Especiais (COE) da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) avalia cada bairro para saber qual será a localidade da semana seguinte.

Para o secretário da SMS, Léo Prates, o serviço de testagem no bairro tem como objetivo fazer com que a Prefeitura tenha dados mais seguros sobre o avanço da Covid-19, acompanhando os números para um melhor controle epidemiológico. Também é realizada a entrega de máscaras para proteção dos cidadãos, evitando também a propagação da gripe provocada pelo vírus H3N2.

“Além dos pontos de testagem, temos ainda consultórios móveis testando a população de rua que é mais exposta, tanto para cuidar quanto acompanhar a situação viral dessas pessoas”, completou Prates. A depender dos números registrados no Bonfim, a ação poderá se estender até o final da semana para verificar se haverá o avanço da Covid-19 no local.

Além do coronavírus, outra preocupação é com a H3N2. “Pedimos a todos que usem máscara inclusive dentro de casa. O sistema de saúde que atende gripe, Covid, dengue, infarto, AVC é o mesmo e nossa expansão não é infinita. É o momento mais difícil para o sistema de saúde”, alertou Prates.

Sintomas gripais e preocupação – O aposentado Edvaldo Teixeira apresentava sintomas gripais e decidiu fazer o exame. “Amanheci com gripe e tosse, aí aproveitei e vir. Para mim é bom ter esse trabalho da Prefeitura perto de casa, que se mostra preocupada com a população”.

A estudante Nádia Cruz mora no Cabula e decidiu se deslocar até o Bonfim, após ter contato com uma pessoa que faleceu com suspeita de estar contaminada com coronavírus. “Achei mais prudente fazer o teste e evitar contaminar outras pessoas, poder proteger meus familiares. Depois das festas, quanto mais testagem se faz na cidade, mais seguro a gente fica”.

Atendimento – Os atendimentos serão realizados por ordem de chegada e acontecem das 8h às 11h30 e das 13h30 às 16h. Os pacientes que forem identificados com diagnóstico positivo serão orientados a permanecer em isolamento domiciliar e a procurar os serviços de saúde da rede municipal, em caso de agravamento do quadro clínico.

Desde a segunda quinzena de dezembro passado, quando foi iniciada, a ação já percorreu duas localidades da capital baiana e visa a detecção precoce do vírus, além de conter a disseminação entre os cidadãos. Na Boca do Rio, primeira localidade a receber a estratégia, dos 406 testes realizados, 14 apresentaram o diagnóstico positivo. Já em Paripe foram realizados 201 testes rápidos, com cinco ocorrências positivas.