Poder Público Segurança Pública

Sesab registra BO contra deputado bolsonarista que invadiu hospital na Bahia

foto: reprodução
foto: reprodução

A Secretaria de Saúde da Bahia registrou um boletim de ocorrência para apurar o delito cometido pelo deputado baiano, Capitão Alden (PSL), nesta quarta-feira (17). O parlamentar, que tem ligação com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), tentou invadir o Hospital de Campanha Riverside, localizado município de Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador.

Em nota, o órgão estadual também afirmou que um dos seguranças de Alden posicionou-se contra a porta de um dos quartos, tendo acesso a uma paciente com as partes íntimas expostas devido ao banho no leito. “É lamentável que o deputado e os seus seguranças coloquem em risco a própria saúde, sob risco de serem infectados com à Covid-19, bem como a de pacientes e profissionais”, declarou a Secretaria. 

Alden José Lázaro da Silva, ‘Capitão Alden’, é um policial militar  ligado ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), e atualmente cumpre seu primeiro mandato como deputado estadual da Bahia. Em nota ao portal Metro1, a assessoria do parlamentar disse que ele não estava armado.

Indignado, o secretário da Saúde no estado, Fábio Vilas-Boas, declarou que: “a assessoria do deputado afirma que a visita foi previamente autorizada, com base num Zap em que permitimos a ida ao Hospital de Campanha da Arena Fonte Nova, antes da inauguração, quando ainda não havia pacientes. Os hospitais Covid não recebem visitas nem de familiares”. 

O titular também utilizou as redes sociais para divulgar o vídeo que retrata o ocorrido, e repudiou a atitude do parlamentar:

Sobre o Autor

Avatar

jornalismo

2 Comentários

Clique aqui e deixe seu comentário