Bahia Saúde

Rui considera que Ministério da Saúde “discrimina” a Bahia em distribuição de vacinas

Foto: Reprodução Facebook
Foto: Reprodução Facebook

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), demonstrou insatisfação, nesta quarta-feira (21), com os critérios de distribuição de vacinas contra a Covid-19 adotados pelo Ministério da Saúde e comentou a presença da variante Delta no país. O petista afirmou que conversou com os outros governadores que fazem parte do Consórcio Nordeste e que acionou a Procuradoria Geral do Estado para encontrar medidas judiciais para a compra do imunizante. Ainda hoje haverá uma nova reunião dos gestores com os vendedores para discutir o assunto.

“Quero manifestar a nossa indignação e insatisfação em relação a mais uma decisão do Ministério da Saúde que discrimina o Nordeste e a Bahia na distribuição de vacina. Ontem [terça-feira] soltaram uma nota que iam dar dose extra para alguns estados brasileiros, que fazem divisa com outros países sob a pretensão que iriam proteger da variante delta. A variante Delta já está dentro do Brasil, isso é diminuir ainda mais o volume de vacinas que vem para a Bahia e Nordeste”, disse o gestor baiano.