Camaçari Notícias Saúde Afetiva

Roda de conversa ‘Quem ama, se cuida’ aconteceu na Câmara de vereadores de Camaçari

Foto: Câmara Municipal de Camaçari
Foto: Câmara Municipal de Camaçari

Na tarde da última quarta-feira (20.10), a Câmara de vereadores de Camaçari recebeu a Roda de conversa ‘Quem ama, se cuida’. O bate-papo descontraído foi para falar de um assunto sério e importante na vida das mulheres, o auto cuidado. O evento que faz parte das inciativas do outubro Rosa, recebeu a Dra. Rosana Almeida, ginecologista especialista em saúde da mulher há mais de 30 anos e as parlamentares professora Angélica e Fafá de Senhorinho deram sua contribuição como figuras públicas representantes do povo, especialmente das mulheres.

A intermediação ficou por conta da empresária e maquiadora Karla Calazans que apresentou a cada uma das convidadas, incentivando o diálogo e a troca de experiências. Em sua apresentação inicial Karla fala da importância do amor próprio e também da empatia. “Olhem pra vocês se cuidem diariamente, mas também olhem para quem tá do lado, é muito importante a gente observar as mulheres que estão a nossa volta”, incentiva.

Dra. Rosana, explicou para o público presente a importância dos exames preventivos, em relação ao câncer de mama, do colo do útero e de cólon (intestino e reto), os três tipos que mais acometem mulheres no Brasil e no mundo. “Tendo um diagnóstico inicial, ela tem grande chance de cura, de estar viva, alerta Dra. Rosana Almeida”. Em relação ao auto exame ela diz que é preciso fazer a cada 1 ou 2 meses, sendo que esses exames não tiram a necessidade de um exame clínico.

Karla dividiu a sua experiência de ter tido sua mãe diagnóstica com câncer e como aquilo afetou a auto estima e o estado emocional dela. Dra. Rosana deu sua contribuição e reforça mais uma vez que é preciso fazer o exame, evitando o medo, pois o tratamento é possível.

A conversa também falou sobre representatividade feminina em cargos de poder. “Precisamos sim de mais mulheres na Câmara para fortalecer mais ainda nosso papel”, enfatiza Fafa de Senhorinho”. Em uma de suas falas ela contou também sobre como uma pessoa próxima guardou os exames por meses na gaveta por receio de um diagnóstico negativo.

Professora Angélica compartilha do sentimento de Fafá e relação a ocupação feminina na Câmara. “Eu sei que se tivermos mais mulheres aqui, nós conseguiremos muito mais”. Angélica também conta como foi difícil acompanhar uma antiga funcionária também diagnosticada com câncer.

Quando abriu para as contribuições e perguntas da plateia, Dra. Rosana se prontificou mais uma vez a esclarecer dúvidas, usando a sua experiência junto ao Centro Médico de Polo.

Foi uma tarde de emoções, empatia e muito diálogo, o evento foi idealizado pela AGS9, o Centro médico d Polo contribuiu como parceria técnica e a Câmara Municipal de Camaçari e o Portal Cidade Satélite, apoio cultura.