Bahia Mercado e Negócios Salvador

Reabertura gradual do comércio em Salvador acontecerá em três fases, afirma Prefeitura – confira

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Na manhã desta terça-feira (7), o prefeito ACM Neto e o governador Rui Costa anunciaram os protocolos do retorno gradual das atividades econômicas em Salvador. De acordo com os gestores, a reabertura terá ciclos de 14 dias a partir da análise da taxa de ocupação dos leitos de UTI para pacientes com a Covid-19 na cidade. 

Fase 01 –  Na fase um, o índice tem que ser menor do que 75% de ocupação. Ao atingir essa média, apenas os shoppings; centros comerciais; comércio de rua acima de 200m²; templos religiosos e igrejas e eventos em sistema drive in. e semelhantes poderão retornar às atividades mediante protocolos gerais e específicos.

Fase 02 – O percentual precisa ser abaixo dos 70%. Nesta fase estarão liberadas as academias de ginástica e similares; barbearias, salões de beleza e similares; Centros culturais, museus e galerias de arte; lanchonetes, bares e restaurantes; além das atividades relacionadas acima.

Fase 03 – O índice de ocupação precisa ser menor do que 60%. As atividades liberadas são: parques de diversões e parques temáticos; teatros, cinemas e demais casas de espetáculos; clubes sociais, recreativos e esportivos, centro de eventos e convenções. 

Em todas as fases, os respectivos percentuais precisam permanecer nesta faixa por pelo menos cinco dias para o início da retomada em cada ciclo. Ainda de acordo com a gestão, a taxa de ocupação registrada ontem (6) foi de 79,5%. Vale ressaltar que este protocolo não se aplica às escolas, parques públicos, praias, futebol profissional e demais espaços não listados nas fases, pois segundo a gestão municipal, estas atividades serão avaliadas por outros critérios. ACM Neto ainda informou que as medidas regionalizadas nos bairros irão continuar, mesmo com o faseamento da retomada das atividades.

Confira aqui todos os detalhes sobre o plano de reabertura.