Camaçari Político Salvador

Presidentes das câmaras de Camaçari e Salvador se reúnem com o ministro João Roma por manutenção do REIQ

Foto: Divulgação/Ascom
Foto: Divulgação/Ascom

Nessa terça-feira (15) os presidentes das Câmaras de Salvador, Geraldo Júnior (MDB), e de Camaçari, Júnior Borges (DEM), se encontraram com o ministro da Cidadania, João Roma, em Brasília (DF). O encontro contou ainda com uma frente da Região Metropolitana de Salvador (RMS) para discutirem a manutenção do Regime Especial da Indústria Química (REIQ).

O REIQ é um instrumento criado pela Lei nº12.859/13, com o objetivo de garantir maior competitividade ao setor químico brasileiro por meio da desoneração das alíquotas de PIS/Cofins incidentes sobre a compra de matérias-primas básicas petroquímicas da primeira e da segunda geração. Entretanto, a Medida Provisória 1.034/2021, do Governo Federal, propõe a extinção.

“Este contato com o ministro João Roma tem o intuito de estabelecer um diálogo com o Governo Federal pela manutenção do REIQ. Pois sua revogação terá impactos negativos no setor petroquímico na RMS, assim como na economia local”, disse Geraldo Jr.

Júnior Borges afirmou que a intenção é “angariar apoios nesta causa, que requer a união dos municípios da RMS. Afinal, um dos impactos da aprovação desta medida provisória nas nossas cidades é o desemprego”.

Participaram também da audiência o vice-presidente da Câmara Municipal de Camaçari, vereador Dilson Magalhães Júnior (PSDB); Gilvan Souza (PSDB); Dudu do Povo (Cidadania); Mar de Areias (DEM); Niltinho (PSDB), Professora Angélica (PP), Tagner (PT)  e Dentinho. (PT).