Bahia Mercado e Negócios

Lauro de Freitas se mantém líder na geração de empregos na RMS

Foto – Lucas Lins/Ascom
Foto – Lucas Lins/Ascom

Lauro de Freitas registrou saldo positivo de postos de trabalho pelo segundo mês consecutivo. De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) de maio, o município registrou 708 postos de trabalho, resultado da diferença entre admissões e demissões. Esse é o melhor cenário dentre os municípios da Região Metropolitana de Salvador (RMS).

O número é inferior ao registrado no mês de abril, quando o município registrou a criação de 2.053 postos de trabalho celetista. No entanto, no acumulado do ano soma um total de 3.563 postos de trabalho, o que mantém o município na primeira posição na RMS no que diz respeito à geração de empregos com carteira assinada. O maior número de postos foi gerado no setor de serviços, seguido pela construção civil e indústria.

De acordo com o secretário municipal de Trabalho, Esporte e Lazer (SETREL), Uilson Souza, parte deste avanço se deve às ações desenvolvidas pela gestão e à aproximação da Prefeitura com os segmentos econômicos.

“É importante observar também que este saldo positivo não reflete ainda todos os investimentos que serão realizados em Lauro de Freitas por meio do Programa Cidade Solidária e Sustentável, mas já melhora o ambiente de diálogo do poder público com os diversos segmentos, que já estão entendendo que existe um benefício maior na contratação de quem mora aqui no município”.

Lançado pela Prefeitura no dia 10 de junho, o Programa Cidade Solidária e Sustentável reúne 16 ações voltadas para a geração de emprego e renda, fomento à produção e consumo local e qualificação de mão de obra. Representantes de todas as secretarias municipais envolvidas no Programa, que tem caráter transversal, já estão realizando reuniões para execução do plano de ação construído para implementação do programa.

 

 

 

 

 

Lauro de Freitas – Foto – Lucas Lins