Cultura e Entretenimento Entretenimento Mercado e Negócios Notícias Poder Público Salvador

Evento-teste será na próxima sexta com 500 convidados divididos em lounges para 4 pessoas

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), anunciou em coletiva no final da tarde desta segunda-feira (23) os detalhes do evento-teste, que tem como objetivo definir os parâmetros para a retomada do setor de eventos.

O evento ocorrerá na próxima sexta-feira (27), às 18h,  no estacionamento do novo Centro de Convenções de Salvador, na orla da Boca do Rio, em área a céu aberto. A festa será no modelo de show musical com as apresentações de Gerônimo, Márcia Castro, Telefunksoul e Afoxé Daraju de Olé.

As pessoas que participarão serão convidadas e precisarão seguir os seguintes protocolos: ter tomado pelo menos a primeira dose ou a dose única da vacina contra a Covid-19 até o dia 27 de julho; fazer o teste de detecção da Covid (PCR) 48h antes do evento (o teste será pago por uma empresa parceira) e usar máscaras durante o evento. As pessoas serão divididas em grupos de quatro e ficarão em 125 lounges. Além disso, é necssário ter mais de 18 anos.

Após o evento, os convidados serão acompanhados e realizarão um novo teste PCR. As 500 pessoas foram convidadas pelas empresas patrocinadoras do evento-teste.

O prefeito Bruno Reis informou que o custo do evento ficará a cargo de 15 patrocinadores.

O prefeito lembrou que o evento-teste seria realizado no final de julho e foi adiado seguindo recomendação de especialistas em saúde devido ao avanço da variante delta.

“Iria realizar no final de julho e postergamos para o final de agosto e só agora com a população acima de 18 anos vacinada autorizamos. Diante o receio da chegada da variante delta, não realizamos antes para ver qual impacto a variante delta teria na nossa cidade”, afirmou Bruno Reis.

O prefeito lembrou que o setor de eventos é um dos mais importantes para a economia da cidade. “São mais de seis mil profissionais que vivem da renda proporcionada pelos eventos. O setor cultural é um dos mais importantes para a nossa cidade e foi o mais impactado”, disse.