Cultura Viva Gente que Faz Música Nossa Origem Notícias Salvador

Dia da Favela será celebrado com roda de samba, mostra de dança afro e exposição

Foto: Jornal A Tarde
Foto: Jornal A Tarde

Nesta quinta-feira (4) é o Dia da Favela. O termo surgiu em 1900 em um documento oficial sobre a história da Providência, primeira favela do país. Em Salvador, a data será celebrada com uma vasta programação cultural no bairro de Nova Sussuarana, promovida pela Central Única das Favelas (CUFA) de Sussuarana.

A programação tem início às 16h, na Praça Rute Pacheco, com apresentação do DJ Branco, show da Banda Urbanidade, mostra de dança afro com o Rei e Rainha da Beleza Negra de Sussuarana, roda de samba com o grupo Capoeira Pé de Biriba e exposição “Adereços e Luxo do Axé”, do fotógrafo e ativista LGBTQIA+ Genilson Coutinho.

Para Dj Branco, eventos como estes, já deveriam ter espaço no quadro de cultura da capital baiana a muito tempo.

“Hoje é um dia de luta, de glória e significações para o povo de periferia! A data de hoje é muito importante para firmar a persistência na luta pelo racismo e o quanto nossa cultura precisa ser valorizada. E em uma cidade como Salvador que a maioria de sua população é preta e vem das favelas nada mais justo que fomentarmos eventos como esses para quebrar o paradigma da falsa igualdade e democracia racial que enfeita esse país. ”

Para Danubia Santos, coordenadora da Cufa Sussuarana, a data é fundamental para celebrar as resistências e forças mesmo diante das dificuldades diárias. “O Dia da Favela em Sussuarana e em todo país serve para mostrar que para além das problemáticas existentes nesses territórios nós somos potência, arte e inovação”, celebra Danubia.