Cultura e Entretenimento Música Notícias

Conar explica sobre abertura de processo para analisar publicidade de bebidas alcoólicas em lives

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

 

 

Após abrir uma representação ética contra os conteúdos exibidos nas lives protagonizadas pelo cantor sertanejo, Gusttavo Lima, em parceria com a Cervejaria Ambev, o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (CONAR) divulgou nesta segunda-feira (20), uma nota de esclarecimento sobre a abertura do processo para exame de publicidade de bebidas alcoólicas em lives.

“O Conar atua exclusivamente, e em nome de anunciantes, agências e veículos de comunicação – por respeito aos consumidores – no exame do conteúdo de publicidade de todos os tipos, inclusive aquelas envolvendo influenciadores digitais”, ressaltou o informativo.

O órgão também declarou que atua exclusivamente no exame da publicidade e não a respeito do conteúdo editorial ou artístico. “Em programas, lives ou qualquer outro tipo da manifestação artística ou cultural de transmissão pública, apenas as peças publicitárias, gravadas ou ao vivo, são objeto da análise do Conar, que assegura a anunciantes, veículos e/ou influenciadores o direito amplo de contestar o que lhes é imputado, fruto de denúncia de consumidores, da própria monitoria do Conar ou de autoridades”, esclareceu o Conselho.

POLÊMICA

 No dia 15 de abril, o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (CONAR) abriu uma representação ética contra Gusttavo Lima, após o cantor sertanejo ingerir cerveja ao vivo em suas redes sociais, através da “Live Gusttavo Lima – Buteco em Casa” e “Buteco Bohemia em Casa”, patrocinada pela Cervejaria Ambev.

Segundo o CONAR, a representação foi aberta a partir de denúncias recebidas de dezenas de consumidores, que consideraram que as ações publicitárias carecem de cuidados recomendados pelo Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária para a publicidade de bebidas alcoólicas.

Em seu site, o órgão também cita que a live deve ser “conciliada com os princípios fundamentais da comunicação comercial do segmento, com a divulgação responsável de bebidas alcoólicas e sem fragilizar os cuidados para que não seja difundida para as crianças e adolescentes”, já que não houve restrição de acesso para menores de idade.

Confira na íntegra o posicionamento da Ambev, emitido por sua assessoria de comunicação e disseminado pelo portal Meio & Mensagem:

“Nesse momento de quarentena, sabemos que as lives de cantores e artistas assumiram um papel relevante e inovador para manter as pessoas dentro de casa e levar um pouco de entretenimento. Para promover a iniciativa, patrocinamos alguns desses eventos, sempre com o cuidado de assegurar as medidas de higiene e distanciamento social e com a devida orientação prévia aos artistas sobre as regras do CONAR de publicidade de bebidas. Além disso, enviamos um guia reforçando as regras do CONAR e treinamos as pessoas envolvidas. Sabemos que em algumas lives, de forma totalmente espontânea, algumas orientações não foram seguidas. Estamos reforçando as regras dado esse novo contexto de entretenimento virtual e estamos mais do que nunca comprometidos com o consumo responsável de nossos produtos… Vale lembrar que a live é de propriedade do artista, muitas vezes realizada em sua casa, o que representa um desafio.”