Camaçari Notícias Saúde

Camaçari registra o 40º caso de coronavírus; moradora do bairro Gleba C é o primeiro óbito confirmado

Foto : Marco Santos /Agencia Pará
Foto : Marco Santos /Agencia Pará

O Boletim Epidemiológico deste domingo (26) registra mais casos confirmados da Covid-19 em Camaçari, já são 40 casos no município (somando com os curados e o óbito confirmado). Deste número, o secretário da Saúde, Luiz Duplat explica que 27 foram por critério laboratorial e 13 por critério clínico epidemiológico.

Até às 18h de ontem, 139 casos foram descartados, dos 20 casos suspeitos, 16 estão em isolamento domiciliar, três em hospitalar e um óbito confirmado.

Os casos confirmados estão distribuídos entre diversos bairros e localidade do município. São eles: Barra do Jacuípe, Parafuso, Areias, Triângulo, Nova Vitória, Parque Verde I, Parque Satélite, Busca Vida, Arembepe, Camaçari de Dentro, Bairro dos 46, Gleba C, Mangueiral, Ponto Certo, Natal (Bomba), Catú de Abrantes, Estiva de Buris, Av. Getúlio Vargas (Centro).

A Secretaria da Saúde (Sesau) confirmou o primeiro óbito pelo novo coronavírus em Camaçari, no último sábado (25). A morte é de uma mulher de 67 anos, residente no município com histórico de doença cardiovascular e diabetes. Ela estava internada em Hospital Público de Salvador, e faleceu no dia 23 de abril.

A paciente era um dos casos confirmados em internamento hospitalar. Ela morava na Gleba C, mas estava num abrigo em Jauá, quando no dia 4 de abril deu entrada na UPA de Arembepe com quadro de hipertensão e diabetes. Até então, ela não tinha nenhum sintoma da Covid-19. Devido a necessidade de internamento para cuidar da hipertensão a paciente foi transferida para o Hospital Filantrópico de Salvador, no mesmo dia.

Foi exatamente no hospital, após outra paciente internada testar positivo para Covid-19, que ela fez o exame, assim como todos os outros pacientes da unidade, no dia 10 de abril. Até então assintomática. Porém, o resultado deu positivo para o novo coronavirus. Somente alguns dias depois a paciente apresentou o primeiro sintoma da doença.

No dia 14 de abril ela foi transferida para o Hospital Público de Salvador, onde veio a óbito.