Camaçari Educação Esporte e Bem estar

Camaçari: Confraternização na Cidade do Saber celebra Dia dos Professores

Foto: Leandro Silva
Foto: Leandro Silva

Em celebração ao Dia dos Professores, comemorado em hoje 15 de outubro, os educadores dos espaços geridos pela Secretaria da Cultura (Secult), assim como professores da Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude (Sejuv), foram homenageados com um café da manhã, na última quinta-feira (14.10). O evento realizado na Cidade do Saber incluiu sorteio de brindes, contando com apoio da subsecretária, Dilma Mendes e do coordenador de Esporte Adelson Vitoriano da Sejuv.

Além do momento festivo, a atividade foi também um marco para avaliação do primeiro mês de retorno das aulas semipresenciais. Para tanto, foi distribuído para os educadores um questionário que deve ser preenchido, identificando-se ou não, avaliando qualitativamente os aspectos físicos e pedagógicos dos espaços e das aulas.

A secretária da Cultura Márcia Tude, participou do encontro e aproveitou para parabenizar os professores pela data. “A arte-educação e o esporte são de extrema importância e me emociona ter a oportunidade de conviver com os educadores. Mesmo com tudo o que estamos enfrentando com a pandemia da Covid-19, nosso atendimento continuava de forma on-line, pois acreditamos no potencial de transformação da cultura e do esporte na vida de cada um, o que se amplia com o retorno semipresencial”.

Para o subsecretário da Secult e presidente do Conselho Municipal de Cultura, Luciel Neto, a atividade foi importante por homenagear os professores. “Também é de grande relevância estarmos juntos deles, ouvindo e fazendo uma avaliação para a construção de melhoria das ações desenvolvidas nos cursos e oficinas”, ressaltou.

O gerente de Esporte da Sejuv, Diltomar de Almeida, conhecido como Mestre Zeca, também avaliou positivamente o evento. “As secretarias estão juntas e a parceria é cada vez mais forte. É fundamental ouvir o que os professores têm a dizer, porque são eles que estão na prática, em contato direto com as famílias”.

Estrelas do encontro, os educadores aprovaram a iniciativa. Salatiel Meireles, professor de violão e guitarra da Cidade do Saber, avalia o evento. “Muito bacana. É importante fazermos essa troca de informações para avaliar as atividades e saber como resolver os problemas que possam ocorrer”, destaca. Ciro Tavares, professor de natação da mesma instituição, pontuou que a iniciativa foi boa por poder dar voz aos educadores.

Professora de futsal da Pracinhas da Cultura, Rosemeire Brito avaliou que o encontro foi enriquecedor. “Promoveu a união e proporcionou a troca de diálogo”, relata. Lídia Fidelina, professora de flauta do Conservatório de Música, ressaltou que a ação foi importante por valorizar os profissionais. “Passamos por muita coisa por conta da pandemia, então é um momento de satisfação pelo reconhecimento”.

Foto: Leandro Silva
Foto: Leandro Silva

Acompanhamento pedagógico
Entre os quesitos a serem avaliados pelos professores no questionário de acompanhamento pedagógico, estão as condições físicas e protocolos de segurança sanitária adotados nas unidades; planejamento e desempenho das aulas; perfil da turma, frequência, interesse, desempenho e comportamento social; além de análise da vulnerabilidade e risco da saúde física e emocional do alunado.

O presidente da Comissão de Apoio às Ações Transversais da Secult, Devson Luz, explica que, após os questionários respondidos e repassados aos gerentes dos espaços, os documentos serão um instrumento norteador. “A iniciativa é feita em consonância com os princípios da secretaria de buscar sempre pela qualidade. Por isso estamos fazendo esta escuta democrática para entender os pontos positivos e negativos e, assim, podermos fazer a avaliação e promover mudanças para qualificar o atendimento”.