Camaçari Notícias Poder Público

Camaçari: Câmara aprova requalificação da Praça das Neblinas e energia solar em semáforos

Foto: Diretoria de Comunicação
Foto: Diretoria de Comunicação

Com o objetivo de promover melhorias nos equipamentos públicos de lazer e oferecer ainda mais opções para as famílias do município, os vereadores de Camaçari aprovaram a Indicação Nº 1177/2021, que pede ao Poder Executivo a requalificação total da Praça das Neblinas, localizada no bairro Dois de Julho. A matéria foi aprovada durante a 22ª Sessão Ordinária, realizada na manhã desta terça-feira (23.11).

O proponente da indicação, vereador Niltinho (PSDB), usou a tribuna para defender o pedido e detalhar sobre as intervenções solicitadas. Segundo ele, a requalificação inclui a construção de parque infantil e academia ao ar livre, equipamentos esses que devem contar com acessibilidade para pessoas com deficiência física.

“Passo pela Praça das Neblinas e vejo que o local passa por processo de desgaste natural devido à ação do tempo, além das instalações serem antigas. Isso acaba tornando o local inapropriado para a prática de qualquer atividade de lazer e convívio social, precisando da intervenção do poder público na requalificação deste importante equipamento de convívio entre os moradores daquela localidade. Nossa ideia é dar mais qualidade de vida à população requalificando as praças da nossa cidade”, justifica o vereador.

O vereador Dentinho do Sindicato (PT) utilizou a tribuna para manifestar o seu apoio à indicação. “Venho parabenizar o vereador pela iniciativa. Já fizemos essa solicitação anteriormente e queremos aqui apoiar e defender esse pedido de requalificação”, reforça.

Ainda durante a sessão, o vereador Dentinho também contou com a aprovação de uma matéria de sua autoria. A Indicação Nº 1163/2021 pediu ao Poder Executivo a instalação de captadores de energia solar nos semáforos localizados ao longo da Avenida Eixo Urbano Central, da Avenida Costa Pinto, e no entorno da Praça Abrantes, na sede do município. Segundo o autor da matéria, o objetivo é migrar para o uso de uma energia mais econômica e limpa.

“A ideia é estimular a reflexão sobre a economia de eletricidade, além da vantagem que a nossa cidade terá com essa fonte abundante de energia limpa e barata. Outra vantagem é que no caso de falta de energia fornecida pela rede, os equipamentos continuam a funcionar a partir da bateria de cada semáforo, evitando maiores transtornos no trânsito e possibilitando que os agentes públicos sejam deslocados para outras atividades que não a administração dos cruzamentos”, explica o parlamentar.

Também foi aprovado, em segundo turno, o Projeto de Lei Nº 1052/2021, de autoria do Poder Executivo, que autoriza o mesmo a celebrar Termo Aditivo ao Contrato de Confissão, Consolidação e Refinanciamento de Dívidas, firmado com a União ao amparo da Medida Provisória Nº 2.185-35, de 24 de agosto de 2001, e suas edições anteriores, para estabelecimento das alterações autorizadas pela Lei Complementar Nº 173, de 27 de maio de 2020. O PL recebeu pareceres favoráveis da Comissão de Constituição e Justiça e da Comissão de Finanças e Orçamento. A matéria segue agora para sanção do Poder Executivo.