Bahia Mercado e Negócios Notícias

Bahia registra desempenho positivo nas exportações no mês de agosto

Foto: ALBA
Foto: ALBA

As exportações baianas teve um registro positivo US$ 870,7 milhões, valor 69,5% superior ao registrado 2020. E desde Agosto de 2017. Os preços continuam sendo responsáveis pelo desempenho, que tiveram alta média de 47% frente a agosto do ano passado.

 “Vivemos o melhor agosto dos últimos quatro anos. E no acumulado do ano, se compararmos a igual período de 2020, também tivemos um crescimento expressivo de 25,8%. As taxas de crescimento das vendas são significativas junto com a elevação de preços de commodities. O setor externo tem dinamizado a economia baiana e trazido efeitos positivos para o estado”, afirma o vice-governador João Leão, secretário do Planejamento.

De acordo com a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria de Planejamento (Seplan), que analisa os dados, no mês de agosto, todos os segmentos importantes da pauta de exportações baianas tiveram crescimento frente ao mesmo mês de 2020. O setor líder da pauta foi a soja e seus derivados, com US$ 321,4 milhões em vendas e crescimento de 76,5%. Os embarques do setor chegam a 3,5 milhões de toneladas no ano, 13,8% acima do mesmo período do ano passado, enquanto as receitas de US$ 1,58 bilhão acusam incremento de 55,2% ou o equivalente a ¼ do total das exportações baianas.

No mesmo mês, a indústria extrativa e de transformação cresceu 68,1%. Destacaram-se as exportações de produtos metalúrgicos (110,8%), químicos (69,7%), derivados de petróleo (46,1%) e papel e celulose (39,2%). Com o resultado de agosto, a balança comercial da Bahia acumula um superávit de US$ 1,4 bilhão em 2021. As exportações somam US$ 6,24 bilhões com alta de 25,8% e as importações em US$ 4,84 bilhões com incremento de 56,7%.

Tags