Bahia Salvador Saúde

30 mil pessoas de Salvador podem ficar sem 2ª dose da Coronavac

Fotos: Valter Pontes/Secom
Fotos: Valter Pontes/Secom

O atraso no envio de um novo lote da vacina CoronaVac para a Bahia pode deixar quase 36 mil soteropolitanos sem a segunda dose. “Só conseguimos garantir a segunda dose até quinta”, alertou o secretário de Saúde da capital baiana, Léo Prates.

Essas 35.938 pessoas estão programadas para tomar o reforço entre os dias 1º e 03 de maio, segundo informações do Correio. São 13.142 no sábado, 7.661 no domingo e 15.135 na segunda-feira. Na programação da sexta-feira (30), segundo Léo Prates, praticamente só há pessoas que precisam tomar o reforço da AstraZeneca, envasada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Por conta do estoque desse imunizante, não é cogitada a suspensão da aplicação de primeiras doses em Salvador.

Segundo a prefeitura, há 15 dias não são enviadas novas doses da CoronaVac. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informou que a data de envio de vacina é com o Ministério da Saúde. A pasta federal, por sua vez, foi procurada pela reportagem, mas não afirmou quando um novo lote será enviado. Já o Instituto Butantan diz que só recebeu insumos para a produção de vacinas no dia 19 de abril. “Um novo lote será entregue a partir do próximo dia 3 de maio, após passarem pelo processo de controle de qualidade”, garante a entidade.