Camaçari Notícias Saúde

Vacina aprovada: conheça plano de imunização de Camaçari

Foto: REUTERS|Thomas Peter
Foto: REUTERS|Thomas Peter

O Ministério da Saúde inicia hoje (18) a distribuição de quase 4,6 milhões de doses da CoronaVac para todos os estados e o Distrito Federal. Conforme a pasta, alguns estados deverão iniciar as campanhas de vacinação a partir das 17h desta segunda-feira.

Com isso, Camaçari aguarda o repasse das doses destinadas ao município para começar o plano de vacinação. A previsão de início da ação é 24 horas após a chegada das doses na cidade. Entre as estratégias previstas estão: a vacinação por etapas, priorizando grupos específicos a cada fase, de acordo com critérios de risco e vulnerabilidade; e a centralização do local de vacinação para garantir, entre outras coisas, logística eficiente, segurança dos profissionais e usuários, controle e monitoramento da vacinação e armazenamento adequado das doses.

De acordo com o plano, serão quatro fases de vacinação, totalizando 49.859 pessoas vacinadas e somente na primeira fase mais de 12 mil pessoas deverão ser imunizadas. A vacinação somente ocorrerá através de agendamento prévio, segundo opções a seguir: pelo Aplicativo Ses@u + Perto de Você; link na internet, publicizado no site da Prefeitura; ou presencialmente, nas unidades de saúde do município.

Camaçari terá duas unidades centrais que funcionarão provisoriamente na Unidade de Saúde da Família (USF) do Ponto Certo, na sede, e a outra na USF de Barra do Jacuípe, na costa. O funcionamento dos centros acontecerá todos os dias da semana inclusive aos domingos e feriados das 8h às 17h. Serão, no total, entre sede e costa, 10 salas de vacinação, podendo ser ampliada conforme a necessidade. Os insumos, como seringas, agulhas e demais materiais já estão garantidos e em quantidade suficiente para atender a demanda.

De acordo com o dimensionamento do plano, a conclusão da aplicação das primeiras doses da vacinação de toda população de Camaçari ocorrerá em 104 dias.

Veja abaixo as fases de vacinação e grupos prioritários:

1ª fase

  • Trabalhadores da área da saúde
  • Idosos acima dos 75 anos de idade
  • Idosos residentes em unidade de longa permanência
  • População quilombola

2ª fase

  • Idosos entre 60 e 74 anos de idade

3ª fase

  • Pessoas em situação de rua
  • Pessoas com deficiência
  • Portadores de comorbidades

4ª fase

  • Forças de segurança e salvamento
  • Funcionários do sistema de privação de liberdade
  • Trabalhadores educacionais
  • Caminhoneiros
  • Trabalhadores do transporte coletivo, rodoviário e metroferroviário de passageiros
  • População privada de liberdade