Notícias Satélite RMS

Taxa de desemprego chega a 23,9% na RMS em abril, afirma DIEESE

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Em todo país são 14 milhões de desempregados e em abril deste ano, conforme levantamento do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos – Bahia (DIEESE) divulgado hoje (31), na Região Metropolitana de Salvador (RMS) são cerca de 500 mil (23,9%).

Isso significa, segundo a supervisora técnica do órgão, Ana Georgina Dias, que uma em cada quatro pessoas está desempregada na região. Os dados foram apresentados durante audiência pública em homenagem ao Dia do Trabalhador, realizada no plenário da Câmara Municipal nesta quarta (31).

“Isso somado às reformas propostas pelo governo nos coloca num cenário de desastre”, pontua.  Para ela esse número pode aumentar ainda mais caso as reformas da previdência e trabalhista sejam aprovadas. Além da jornada intermitente, quando o trabalhador só irá receber pelas horas em que estiver efetivamente trabalhando, e a tentativa de fragilização das representações sindicais. “Estamos em um cenário de extrema precarização [da relação trabalhista]”, completa.

Dias acrescenta que a classe trabalhadora vive um momento delicado e ao invés de avançar na luta para novas conquistas, precisará “usar uma força redobrada para manter aquilo que já temos”.

Representante da Associação dos Desempregados de Camaçari, Fábio Besouro pede o apoio do Legislativo municipal para reverter este cenário. “Tem que trazer uma garantia para que esses trabalhadores aqui voltem ao mercado de trabalho. Aqui tem mão de obra qualificada”, disse.

O proponente da audiência, vereador Binho do Dois de Julho (PCdoB), afirma que uma comissão de vereadores já foi montada para debater o assunto. As reuniões deverão acontecer uma vez por mês a partir do dia 7 de junho.

Sobre o Autor

Camila São José

Jornalista - DRT/Ba 5124

Deixar Comentário

Clique aqui e deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *