Militância Social Poder Público Político

Sindicato dos Professores de Camaçari se posiciona sobre reajuste salarial dos vereadores

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Após aprovação unânime do Projeto de Lei nº 29 e 30/2016, que prevê o reajuste salarial dos vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários em 50%, o Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Camaçari (Sispec) publicou nota de repúdio nesta quinta-feira (3).

No texto, a entidade afirma que “tal medida é uma afronta à sociedade camaçariense e a todas as categorias de servidores municipais”. O aumento dos salários, segundo o Sispec, contraria o argumento de crise financeira utilizado pela gestão municipal para a não concessão de valores percentuais maiores do que 10,67% para os servidores públicos não docentes e 11,36% para os professores sobre a campanha salarial 2016.

“Esses reajustes elevam os gastos do dinheiro público em mais de um milhão e meio de reais mensais. Durante essa farra, as escolas estão sem merenda escolar, transporte e falta de professores”, reclama em nota o sindicato.