Nas Comunidades Notícias

Sesau emite nota de esclarecimento sobre serviço do SAMU

samu camaçari Foto: Tiago Pacheco/Prefeitura de Camaçari

A Secretaria de Saúde (Sesau) informa que o vídeo que circula nas redes sociais envolvendo um vigilante e médicos da Base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) é de um fato que aconteceu no dia 29 de novembro de 2019. O vigilante em questão foi substituído no mesmo dia e desde então não trabalha mais na unidade devido ao comportamento não condizente com a conduta necessária para o setor.

Conforme mostra no vídeo, o vigilante se exaltou contra a equipe médica do SAMU que estava prestando atendimento no momento a uma criança que foi levada até o local pela mãe. Segundo a Sesau, o que motivou o comportamento do vigilante foi o fato da equipe, que já estava realizando o socorro à criança, ter pedido para a mãe ligar para o 192 apenas para dar entrada no atendimento no sistema, uma vez que a criança seria transferida para a UPA Pediátrica, onde foi concluído o atendimento.

O órgão diz ainda que jamais será negado o socorro a qualquer pessoa, mas a Base do SAMU não é um Pronto Atendimento e por isso as pessoas não devem se dirigir até o local para casos de urgência e emergência. Pois, podem chegar ao local e não encontrar a equipe médica do SAMU, que pode ter se deslocado para atender chamados do 192. Sendo assim, a Sesau reitera que as pessoas liguem para o 192 no lugar de levar o paciente até a Base do SAMU.

 

Foto: Tiago Pacheco/Prefeitura de Camaçari