Militância Social Partidário Poder Público Político TV Satélite

Secretária estadual, parlamentar e líder sindical comentam adiamento de sessão especial

A manhã desta quarta-feira (3) foi marcada pelo adiamento de sessão especial alusiva ao Dia do Trabalhador na Câmara de Camaçari. A atividade proposta pelo vereador Binho do Dois de Julho contava com representantes partidários, lideranças sociais e presença do Executivo estadual, contudo um imbróglio determinou o desfecho que frustrou o grupo mobilizado.

De acordo com o palestrantes convidado, Cedros Silva, que preside a CUT/Bahia,

“ o presidente da Casa cancelou a sessão de forma autoritária e antidemocrática, motivada pela presença de estudantes que ocupam a Câmara, protestando legalmente contra o aumento abusivo da tarifa do transporte municipal”, declarou.

A convidada e secretária de Trabalho, Renda e Esporte da Bahia, Olivia Santana, também lamentou não ter ocorrido a sessão, frisando que iria explanar sobre ‘o mundo do trabalho, e especialmente, como as reformas trabalhista e previdenciária, que estão em curso impactam a vida do trabalhador, as quais já possuem grande resistência por parte do segmento.

O presidente da Casa, Oziel Araújo, declarou que:

“por conta da integridade da Casa, enquanto presidente não posso autorizar a abertura do plenário. Perguntei a Binho, se ele gostaria de fazer a sessão sem a presença do público, com os palestrantes. Então, Binho solicitou através de requerimento [068/2017], que a data fosse mudada para 31 de maio”, pontuou.

 

Sobre o Autor

Romero Mateus

Jornalista
MTE/BA 2956
(71) 99913-9991 / 98886-4984

Deixar Comentário

Clique aqui e deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *