Gente que Faz Nas Comunidades

Satélite Negro: Pochetes e Bolsas da Dai Bags esbanjam estilo e originalidade

Dai bags_2

“O essencial é fazer algo que se gosta muito e acreditar em sua ideia. Sabe aquela ideia ou projeto que você tem orgulho de contar para as pessoas que foi você quem fez? A partir disso tudo flui!”, essa é a receita para o negócio funcionar segundo Daiane Lúcio idealizadora da marca Dai Bags, que está no mercado a 10 anos.

Ela também destaca a importância de marcas de empreendedores e artistas negros. “Acredito muito nos trabalhos independentes e tenho visto uma juventude negra muito criativa e ativa, que faz a coisa acontecer por conta própria. Tem muita gente fazendo coisas legais e acho que essa união entre todos pode fazer dar certo cada vez mais”.

Daiana fez acontecer, ela enxergou a oportunidade em meio à crise, depois de se formar em gastronomia e ficar desempregada por um período, comprou retalhos de tecido, cortou e pintou as três primeiras sacolas à mão, e a mãe dela costurou. Com o dinheiro da primeira venda feita para uma amiga, continuou fazendo as sacolas e passou a divulgar na internet”.

A ideia para os modelos veio da vontade de ter uma bolsa diferente das encontradas em lojas convencionais. Daiana participa de todo o processo de fabricação, pesquisa os matérias e a inspiração vem das músicas, filmes, séries e vídeos que gosta. Além de ter sua mão em cada peça, cuidar de todos os detalhes e manter a finalização em processo artesanal, ‘seu diferencial é a ousadia dos modelos, como as pochetes de frutas e as de alien’.

Curtiu? Então segue e compartilha @daibags