Notícias Político

Projeto Educar pra Valer é oficializado em Camaçari

epv

A assinatura do termo de cooperação técnica do Projeto Educar pra Valer (EpV) aconteceu na manhã desta terça-feira (07), no Teatro da Cidade do Saber. A implantação do programa é uma parceria da prefeitura de Camaçari, através da Secretaria de Educação (Seduc) e da Fundação Lemann, através da associação Bem Comum.

Estiveram presentes no evento autoridades municipais, educadores, estudantes e alguns pais, mães e responsáveis pelas crianças. Para falar ao público presente sobre o projeto foram convidados, a secretária de educação Neurilene Martins, o prefeito Elinaldo Araújo e a diretora escolar, Joelma Santos. Esta última que declarou: “A parte pedagógica é o fortalecimento por dentro da educação; fundamental”, explicou em referência ao EpV.

Para o gestor municipal não basta entregar fardamento e kit escolar. “Educação é fazer com que as nossas crianças aprendam”, afirma Elinaldo Araújo. Ele ainda acrescenta que para educar é ‘necessário a participação e o envolvimento de todos’, enfatiza o prefeito.

Veveu Arruda, coordenador geral do Projeto Educar pra Valer realizou uma palestra explicando do que se trata o EpV. Segundo Veveu, uma das metas é a alfabetização até os 7 anos de idade, mas para alcançar a meta é preciso fazer um diagnóstico efetivo, além de monitorar e avaliar continuamente o processo.

Veveu acrescenta que será levado em consideração os professores e suas observações. “Existe uma experiência e um saber que está na sala de aula, avalia”. Ele ainda comenta: “Qualquer que seja a escola o ensino tem que ser bom”, enfatiza Veveu.

A secretária de educação municipal Neurilene Martins comenta que um dos objetivos do município de Camaçari é aumentar as notas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e discursa sobre a educação municipal. “É preciso apender e aprender de forma integral e integrada,” afirma Neurilene.

Banner Ags9
Campanha 1 Ano do Programa Casa Melhor