Campanha 1 Ano do Programa Casa Melhor
Poder Público Político

Projeto Ecoparc Rio Camaçari é apresentado durante Sessão Especial

20-sessão

Um grande espaço para promover atividades ambientais, sociais, turísticas e religiosas. Essa é a ideia do Projeto Ecoparc Rio Camaçari, encabeçado pelo engenheiro ambiental Valdir Rios. A iniciativa foi apresentada nesta terça-feira (11/06), durante a Sessão Especial em Comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, realizada pela Câmara de Camaçari.

O projeto Ecoparc contempla a criação de um parque que avança além da área do Município e segue sentido lagoas e nascentes do Rio Camaçari, cinturão do Polo Industrial e outras áreas verdes. A proposta também abrange aspectos econômicos, já que seria um fomento ao turismo para a geração de emprego e renda. Locais como o Morro da Manteiga e a localidade de Parafuso estariam contemplados com as intervenções contidas no projeto, que prevê a implantação de restaurantes, centro de convenções, teleférico, dentre outros equipamentos, além de um Museu das Águas.

A inciativa prevê ainda a integração com as demandas sociais do município, envolvendo toda a comunidade na implantação do projeto. “Estamos formando um grupo de trabalho com representantes de diversos setores que podem contribuir para aprimorar e debater todas as questões pertinentes a melhor execução desse projeto”, informou Valdir.

Durante a Sessão Especial, também fez uso da palavra o diretor presidente do Instituto Arborize, Durval Aguiar, que reforçou a necessidade de transformar Camaçari em uma cidade que investe no ambiental. Cidadãos presentes na atividade também pontuaram algumas outras demandas na área, como a necessidade de obras de saneamento básico, de ações de preservação dos rios que cortam o município, como o Rio Capivara, além de evitar os danos causados pela ocupação irregular de grandes áreas verdes, pela extração ilegal de areia das dunas do município, dentro outras questões.

Sessão Ordinária – Antes da Sessão Especial desta terça-feira, foi realizada a Sessão Ordinária da Câmara de Camaçari, quando estiveram em pauta propostas voltadas para as áreas da saúde e do meio ambiente. O vereador Dentinho do Sindicato (PT) apresentou a Indicação Nº 972/2019, que pede que seja realizado, em caráter de urgência, um projeto de arborização no Horto Florestal de Camaçari. “Com um maior número de árvores, conseguimos melhorar o controle da unidade atmosférica, melhoria da qualidade do ar, diminuição da poluição, diversidade biológica”, argumentou o parlamentar.

Já na área da saúde, o vereador Adalto Santos (Sem Partido) solicitou que seja dada uma atenção especial aos casos de depressão no município. A Indicação Nº 933/2019 pede que o Executivo Municipal promova uma Campanha Permanente de Conscientização e Combate da Depressão.

Ainda na pauta, foram aprovados diversos Projetos de Leis enviados à Câmara pelo Poder Executivo. Um deles institui o Programa Mais Pesca (PL Nº 975/2019), que tem como objetivo promover ações visando a valorização, modernização e beneficiamento da atividade pesqueira artesanal. O projeto prevê ainda que os pescadores do município recebam um benefício em dinheiro para o fomento da atividade.

Entre as exigências para que sejam concedidos os benefícios previstos no projeto, está a de que o pescador ou marisqueiro artesanal possua renda familiar mensal per capita de no máximo 1/4 (um quarto) do salário mínimo vigente, cerca de R$ 250,00.

Os projetos foram aprovados em dois turnos e seguem para sanção do Executivo.

Banner Ags9
Campanha 1 Ano do Programa Casa Melhor