0800 Cultural

Programação do Pelourinho Dia e Noite agita Centro Histórico de Salvador

orquestra-de-camera-de-ssa-1

A nova etapa do Pelourinho Dia e Noite foi aberta e deve agitar o Centro Histórico de Salvador. Até fevereiro de 2019, são realizados 127 eventos artísticos em forma de concertos, teatro musical de rua, desfiles percussivos, rodas de samba e de capoeira e shows intimistas. Todas as atividades serão abertas ao público e gratuitas.

A expectativa de público durante os três meses de projeto é de 40 mil pessoas. Entre as atrações estão os ensaios abertos do Polo de Orquestras do Pelô (Popelô); shows na Cruz do Pascoal; apresentações de grupos de samba, no Viradão do Samba, e de bandas percussivas, no República dos Tambores; o “Circuito Jorge Amado”, com o Polo de Teatro Itinerante da Bahia (Poti); e rodas de capoeira, no “Capoeira sou Eu”.

As apresentações do Popelô serão realizadas na Catedral Basílica, em igrejas do Centro Histórico e no Cruzeiro do São Francisco, em forma de concertos, além de também promover ensaios abertos, ambos semanais. Sob a coordenação do maestro Ângelo Rafael, participam das ações a Orquestra de Câmara de Salvador (OCSal); sob regência do próprio Ângelo Rafael, a Sanbone Pagode Orquestra, do maestro Hugo Sanbone; e a Orquestra São Salvador, do maestro Fred Dantas.

O espetáculo de teatro musical de rua “Circuito Jorge Amado” volta a transformar as ruas do Pelourinho, o Cruzeiro do São Francisco e o Terreiro de Jesus em palcos onde os personagens mais notáveis de Jorge Amado ganham vida, criam cenas e fazem a plateia se emocionar. Nesta edição, o Pelourinho Dia e Noite amplia o conceito do “Circuito Jorge Amado” para transformá-lo no Polo de Teatro Itinerante da Bahia (Poti).

O “Capoeira Sou Eu” vai ocupar as ruas do Pelourinho promovendo rodas de capoeira. Já o “República dos Tambores” volta a marcar presença com o circuito itinerante de grupos de percussão, tocando no Largo do Pelourinho, no Cruzeiro do São Francisco, no Terreiro de Jesus e nas ruas e ladeiras do Centro Histórico.

O “Viradão do Samba” irá promover em três pontos diferentes – Praça da Sé, Rua das Laranjeiras e Largo do Pelourinho –, encontros onde o samba é o rei absoluto. A programação inclui ainda shows intimistas, que serão realizadas na Cruz do Pascoal, no Santo Antônio Além do Carmo, em janeiro e fevereiro de 2019, e colocarão em cena músicos baianos.

 

Confira a programação da semana:

 

Segunda-feira  (17/12)

19h – Popelô – apresentação da Orquestra de Câmara de Salvador – OCSal, acompanhada do Coral Ecumênico, sob regência do maestro Ângelo Rafael, na Catedral Basílica.

 

Terça-feira (18/12)

17h – Missa Campal da Igreja do Rosário dos Pretos – Largo do Pelourinho – com participação do Coral do Rosário e dos grupos do Viradão do Samba

 

Quinta-feira (20/12)

17h – República dos Tambores – desfile percussivo

 

Sexta-feira (21/12)

17h – República dos Tambores – desfile percussivo

 

Sábado (22/12)

11h – República dos Tambores – desfile percussivo