Notícias Poder Público

Primeira oficina de participação social para revisão no PDDU acontece no Phoc I

Foto: Kelvi Lima
Foto: Kelvi Lima

Com o intuito de possibilitar e estimular a participação popular no processo de elaboração do novo Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) de Camaçari, levando em consideração a importância atribuída à construção coletiva de um documento cuja implementação vai exercer influência e impacto em toda a cidade pelos próximos 10 anos, a Prefeitura de Camaçari iniciou, na noite desta terça-feira (12/11), o 1º Ciclo de Participação Social. O encontro inicial, de um total de oito que compõem o 1º Ciclo, aconteceu na Escola Municipal Cosme de Farias, localizada no Phoc I, e contou com a presença de moradores do referido bairro e de localidades adjacentes.

O objetivo do evento, de democratizar e ampliar o processo de escuta das comunidades, foi alcançado com sucesso. Dezenas de pessoas compareceram e contribuíram com a oficina, que foi aberta ao público e marcou o início de uma nova fase no processo de revisão do PDDU de Camaçari. Durante a oficina, foram apresentados aos presentes os conceitos e as etapas do processo de planejamento municipal. Na ocasião, o público também respondeu a um questionário abordando questões relacionadas à infraestrutura, condições de moradia, oferta de serviços públicos, problemas urbanos, dentre outros.

A pasta à frente da elaboração da revisão do novo PDDU é a Secretaria do Governo (Segov) e o trabalho é realizado através de uma comissão executiva, que é presidida pela urbanista Juliana Paes, que foi a responsável pela condução das atividades e explanações no evento. “Esta região onde estamos realizando a primeira oficina é onde está concentrada cerca de 18% da população de Camaçari [aproximadamente 43 mil habitantes, nos Phocs I,II e III, na Gleba H, Santa Maria, Lama Preta, Jardim Brasília, Camaçari de Dentro, Burissatuba e Recanto das Árvores] e o que tivemos aqui foi uma amostragem desse percentual. A leitura que essa comunidade fez da cidade hoje vai compor um diagnóstico com encaminhamentos típicos dessa região. Provavelmente, nas oficinas realizadas em outros lugares, vamos nos deparar com realidades e leituras diferentes por parte das comunidades”, explicou Juliana Paes.

A iniciativa foi aprovada pelo público, que elogiou o fato de a Prefeitura dar espaço para que a sociedade civil se manifeste e participe ativamente do planejamento da Camaçari do futuro. A auxiliar de serviços gerais da Escola Cosme de Farias, Dona Cida Hidelbrando, 40 anos, foi ao evento acompanhada da filha, Beatriz Hidelbrando, 24. “Essa oficina nos permite não apenas conhecer o que está sendo pensado para o futuro do nosso bairro e da cidade como um todo, mas também contribuir através dos nossos depoimentos enquanto moradores”, comentou. “Esse evento, esse diálogo com o governo municipal, nos dá esperança mudanças positivas”, acrescentou a filha Beatriz.

O público foi dividido em quatro grupos, para garantir a pluralidade do debate e potenciar a coleta de contribuições, seguindo a orientação de listar “pontos fracos” e “pontos fortes” da cidade e, sem seguida, refletir e debater sobre o futuro do município. Ao final, um representante de cada grupo expôs o resultado das discussões. Todo o conteúdo vai resultar na geração de um relatório que será apresentado em audiência em uma das próximas fases do processo de revisão do PDDU. Além dos moradores da região, participaram do evento: o secretário de Governo, José Gama Neves, a ouvidora do município, Ilay Ellery, e representantes do Legislativo de Camaçari.

Programação

Na sede, vão acontecer outras quatro oficinas. A Costa será contemplada com os três últimos encontros do 1º Ciclo. Para acessa a programação completa, clique aqui.

PDDU de Camaçari

É a maior lei existente na administração municipal, depois da Lei Orgânica. Ele estabelece as estratégias, diretrizes, objetivos, projetos e ações para o desenvolvimento da cidade. A expectativa é de que o Projeto de Lei do novo PDDU seja enviado à Câmara de Vereadores, para apreciação e aprovação, em julho de 2020. Mais informações podem ser obtidas através do site pdducamacari.com.br, por onde também é possível colaborar com opiniões e sugestões.

FONTE: Agência de Notícias – Prefeitura de Camaçari

Sobre o Autor

Redação AGS9

Deixar Comentário

Clique aqui e deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *