Poder Público Salvador

Prefeito ACM Neto decreta Lockdown em outros dois bairros de Salvador

(Arisson Marinho/CORREIO)
(Arisson Marinho/CORREIO)

 

O prefeito de Salvador, ACM Neto, anunciou que a partir desta quarta-feira (10), os bairros de Itapuã e São Caetano irão contar com medidas regionalizadas contra o coronavírus. O gestor municipal afirma que inicialmente serão sete dias de lockdown, e  determina o fechamento de todos os comércios formais e informais da região, independentemente do tamanho da área, podendo funcionar apenas os estabelecimentos que prestam atividades essenciais, a exemplos de supermercados, padarias, delicatessens, farmácias, açougues, estabelecimentos que utilizam o sistema de delivery (sem retirada no local) e serviços de saúde.

Estes regulamentos também irão valer para os bairros de Tancredo Neves, Paripe e Fazenda Grande do Retiro, que tiveram as medidas prorrogadas por mais sete dias, a contar desta segunda-feira (8).  Os bairros também irão contar com distribuição de cestas básicas para trabalhadores informais e de máscaras de proteção para a comunidade, além de realização de testes rápidos para detecção do coronavírus, medição de temperatura, higienização de ruas, ações de combate ao mosquito Aedes aegypti e Cras Itinerante.

Em Itapuã, a Prefeitura também fará a interdição do tráfego de veículos da Rua Genebaldo Figueredo, no trecho entre a Praça Dorival Caymmi até a avenida de mesmo nome, com a colocação de prismas (conhecidos como “gelos baianos”). A via ficará interditada ininterruptamente enquanto as medidas restritivas estiverem em vigor. 

O prefeito informou Itapuã já soma um total de 265 casos confirmados da Covid-19, sendo que, deste montante, 245 foram contabilizados nos últimos 30 dias. Além disso, foram feitas sete solicitações de sepultamento nos cemitérios municipais. São Caetano, por sua vez, alcançou 204 casos de pessoas infectadas com o novo coronavírus, sendo que 190 ocorreram nos últimos 30 dias. Na última semana foram 134 casos. Seis sepultamentos foram realizados nos cemitérios municipais.

 

Sobre o Autor

Avatar

jornalismo

2 Comentários

Clique aqui e deixe seu comentário
  • O lockdown é o jeito para que todos paguem pelos erros dos outros. Itapuã, com 65 mil abitante esta pagando pelo mal comportamento, irresponsabilidade, ignorancia di algumas centenas de moradores. A democrazia, tolerante e desguidada não pode tirar das ruas, a pulso, quem desrespeita as indicações do poder publico. Pois é, “Indicações” não são ordens. E muita gente não esta né aí para respeitar indicações se não tiver punição severa. Por isso a decisão de ACM veio depois de aglomerações, gente na rua sem mascara, mascara na orelha, na testa, no queixo, no pescoo, gente que se esfrega na fila do mercado e tudo aquilo que deveria ser proibido e punito. Assim, quem respeita, acaba pagando o pato de quem não respeita, que, por sua vez, não somente se queixa dessa falta de liberdade, assim como, continua do mesmo jeito, sempre com uma boa desculpa na ponta da lingua.

  • O lockdown de ser feito sim, mas os comerciantes estão sendo penalizados e as pessoas continuam comprando bebidas nos supermercados e ficam reunidos bebendo na rua enquanto quem quer trabalhar não pode,.
    que a fiscalização passe e confisque as bebidas, e instrua essas pessoas que estão reunidas em grupos vão para casa, não é justo ficar fechado e os mesmos que aglomeram permaneçam na rua.