Bahia Notícias Saúde

Pfizer recusa vender vacina para Bahia e secretário estadual de saúde critica: ‘usou a boa fé de voluntários baianos’

Foto: Ascom Sesab
Foto: Ascom Sesab

O secretário de Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, utilizou hoje (21) as redes sociais para criticar a farmacêutica Pfizer/BioNTech, que vendeu as vacinas contra Covid-19 para outros países e, segundo ele, se recusou a vender para o estado.

Na publicação, Vilas-Boas afirma que a empresa se reuniu com o governador Rui Costa (PT) no ano passado para vender a vacina.

Desde então, o governo estadual apoio o centro de pesquisas das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) e investiu na compra de ultracongeladores para armazenação das doses, já que os imunizantes da Pfizer precisam ser guardados em uma temperatura entre -70°C e -80°C.