Notícias Poder Público

PDDU Camaçari: Oficina de participação social chega ao Parque das Mangabas

Foto: Tiago Pacheco
Foto: Tiago Pacheco

O processo de elaboração da revisão do novo Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) de Camaçari tem movimentado a cidade e os moradores têm atendido ao chamado para fazer parte das oficinas de participação social. Os encontros entre a sociedade civil e o poder público, que já percorreram quatro localidades distintas do município, desta vez, contemplou a comunidade do Parque das Mangabas e adjacências. A iniciativa ocorreu na manhã deste sábado (23/11), na Escola Municipal Hidelbrando Lima Filho.Este é o quinto encontro e fecha a programação, na sede, do 1º Ciclo de Oficinas de Participação Social. Nesta segunda-feira (25/11), a iniciativa chega até as comunidades da Costa, que terão a oportunidade de contribuir com propostas, além de compartilhar ideias e sugestões para o futuro do município. É que a oficina de participação social será realizada na localidade de Areias. Com previsão de início às 17h30 e de término às 20h30, o encontro será nas instalações da Escola Tomaz Camilo. Além desse, outros dois acontecerão, na região, no decorrer da semana.Seguindo o mesmo formato das oficinas anteriores, a condução dos trabalhos ficou a cargo da presidente da Comissão Executiva para a Elaboração da Revisão do PDDU, a assessora especial da Secretaria do Governo (Segov), a urbanista Juliana Paes que, na ocasião, explicou ao público os conceitos e as etapas do processo de planejamento municipal. Ela destacou que o intuito das oficinas é promover a construção, de forma coletiva e democrática, do PDDU que deverá nortear o desenvolvimento urbano do município pelos próximos 10 anos. “Todo o conteúdo gerado durante as oficinas vai resultar na elaboração de um relatório que será apresentado em audiência pública, uma das próximas fases do processo de revisão do plano”, ressaltou.

O encontro manteve também a metodologia, com a realização da inscrição dos participantes na entrada do evento, oportunidade em o público recebe as primeiras orientações e um questionário no qual são requisitadas informações sobre as condições de infraestrutura, condições de moradia, oferta de serviços públicos, problemas urbanos, dentre outras questões relacionadas ao bairro.

Divididos em quatro grupos, identificados por cores (laranja, verde, amarelo e rosa), os participantes listaram “pontos fracos” e “pontos fortes” da cidade. Em seguida, foram orientados a refletir e debater sobre o futuro do município. Após essa etapa, um representante de cada formação expôs o resultado das discussões. Este formato busca uma maior interação entre os participantes e permite um debate mais amplo e diversificado, além de potencializar a coleta de contribuições.

Representante do grupo rosa, a engenheira ambiental Aline Paula Chaves, 37 anos, destacou as questões referentes à preservação das áreas verdes pertencentes ao município. “Camaçari tem muita área verde ainda preservada, o que é muito positivo para a cidade do ponto de vista ambiental. O poder público precisa estar atento para que, com o desenvolvimento desenfreado, isso não se perca”, salientou a moradora do Parque Nascente do Rio Capivara.

O PDDU é considerado a maior lei existente na administração municipal, depois da Lei Orgânica. O processo de revisão do Plano Diretor é conduzido por uma comissão executiva e está vinculado à Segov. O documento estabelece as estratégias, diretrizes, objetivos, projetos e ações para o desenvolvimento da cidade. A expectativa é de que o projeto de lei do novo PDDU seja enviado à Câmara de Vereadores, para análise e votação, em julho de 2020.

Para acessar a programação completa do 1º Ciclo de Oficinas de Participação Social, clique aqui. Além dos moradores da região e de servidores municipais que formaram o apoio técnico, participou do evento a ouvidora Municipal, Ilay Ellery.

Fonte: Agência de Notícias – Prefeitura de Camaçari

Sobre o Autor

Redação AGS9

Deixar Comentário

Clique aqui e deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *