Segurança Pública

Oito araras-amarelas são resgatadas de cativeiro em Salvador

Foto: Divulgação SSP
Foto: Divulgação SSP

Na tarde da última quarta-feira (3), as equipes da Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (Coppa) resgataram oito araras a espécie Canindé, mantidas em cativeiro irregular em um imóvel na Travessa Água Grande, no bairro do Stiep, em Salvador. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) da Bahia, os policiais foram acionados através de uma denúncia anônima, indicando a localização em que os animais. Além das aves silvestres, o viveiro também foi apreendido.

Pega em flagrante, a suspeita é uma mulher de 62 anos. Segundo ela, os animais foram trazidos para Salvador há anos atrás pelo falecido marido, mas não tinha autorização para manter as aves em cativeiro. A senhora foi conduzida para a 9ª Delegacia Territorial (DT/ Imbuí) e assinou Termo Circunstanciado de Ocorrência.

A SSP afirmou ainda que os animais estavam em bom estado nutricional e foram encaminhados para o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). O comandante da Coppa, major Amilton Souza, reforçou que a unidade segue combatendo crimes ambientais e condutas que causem dano ao meio ambiente.

Sobre o Autor

Avatar

jornalismo

1 Comentário

Clique aqui e deixe seu comentário
  • I blog quite often and I seriously thank you for your content.
    This article has truly peaked my interest. I’m going to book mark your website and keep checking
    for new information about once a week. I opted in for your RSS
    feed too.