Saúde

Ministério da Saúde promove campanha para doação de leite materno; ‘cada gota faz a diferença’

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

 Na última terça-feira (21), em comemoração Dia Mundial de Doação de Leite Humano, o Ministério da Saúde lançou uma campanha de incentivo para mobilizar as doações de leite materno no país. Segundo o órgão governamental, é possível manter a rotina doação mesmo durante a pandemia, efetivando os cuidados necessários tanto da doadora, quanto dos Bancos de Leite.

Com o slogan “Doe leite materno. Nessa corrente pela vida, cada gota faz a diferença”, a campanha tem o objetivo de estimular doações durante todo o ano, já que, de acordo com os dados no Ministério, houve uma redução de 5% no número de doadoras entre  janeiro a abril deste ano, em relação ao mesmo período de 2019.

“Cada gota de leite materno representa uma vida, um bebê que está na UTI Neonatal precisando de ajuda. O Brasil precisa da solidariedade de todas as mães lactantes e, principalmente, dos profissionais de saúde, que têm papel importante de informar às mulheres a melhor forma e os benefícios de fazer a doação deste leite”, explica a secretária substituta de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde, Daniela Carvalho.

ORIENTAÇÕES E CUIDADOS

  • A orientação do Ministério da Saúde é que mulheres saudáveis continuem doando leite, mesmo que o pote não esteja cheio. Cada pote de leite humano pode ajudar até 10 recém-nascidos.
  • É importante tomar alguns cuidados, como: somente doar se estiver saudável, verificar nos postos de coleta e bancos de leite humano a necessidade de agendamento para evitar aglomerações e seguir as orientações para coleta segura.
  • Caso a mulher tenha sintomas de gripe ou morar com alguém que apresente esses sintomas, deverá suspender a doação nesse período.

A Rede Global de Bancos de Leite Humano (RBLH), conta com 224 bancos, e 217 postos de coleta, além da coleta domiciliar em alguns estados. As possíveis doadoras podem obter mais informações através do site, ou pelo telefone 136.

View this post on Instagram

No Brasil, os estoques de leite materno estão baixos. Se você pode, faça a sua doação. Qualquer quantidade doada já faz a diferença na vida de recém-nascidos prematuros ou de baixo peso internados nas Unidades Neonatais. Procure um Banco de Leite Humano mais próximo. Saiba mais em saude.gov/doacaodeleite #doeleitematerno ⠀ #PraCegoVer O card nas cores verde e amarelo claro tem como título "Doe Leite Materno. Nessa corrente pela vida, cada gota faz a diferença". Abaixo, podemos ver uma imagem dividida em duas partes. Na primeira parte, à esquerda, vemos uma mãe doadora segurando um frasco de leite materno nas mãos. Na segunda parte, à direita, vemos um bebê prematuro internado em uma Unidade Neonatal. Abaixo, o texto "Qualquer quantidade de leite materno doado faz diferença. Informe-se no Banco de Leite Humano mais próximo sobre a maneira mais segura de doar, mesmo durante a pandemia. Se você pode, #DOELEITEMATERNO.", seguido pelas assinaturas do Banco de Leite Humano, SUS, Ministério da Saúde e do governo (Pátria Amada Brasil).

A post shared by Ministério da Saúde (@minsaude) on