Cultural Teatro

Jovens atores de Lauro de Freitas fazem financiamento coletivo para participar de evento na França

WhatsApp-Image-2019-05-25-at-11.35.48

Formado por 10 jovens atores da periferia de Lauro de Freitas, o Coletivo Pé de Poeta está realizando um financiamento coletivo para participar de um evento em Paris, na França, a convite do Théâtre de L’Opprimé, companhia de ação cultural e social subvencionada pelo Ministério da Cultura da França e União Europeia. O grupo baiano irá efetivar uma colaboração incluindo troca de saberes, laboratórios e apresentação do espetáculo “África em Nós”, entre os meses de junho e julho durante o Festival MigrActions 2019.

O objetivo do financiamento coletivo é arrecadar R$ 25 mil para custear as despesas do coletivo com a viagem, incluindo passagens, hospedagens e alimentação do elenco. Até esta quarta-feira (29/05), a ‘vaquinha’ online conseguiu angariar R$ 5.720, o que representa 22,8% do valor pretendido. As doações podem ser feitas por meio do link.

“O Coletivo é formado por pessoas da periferia. Ou seja, quase que totalmente com ausência de recursos materiais. Os ensaios dos jovens são em uma praça e não há apoios financeiros”, conta Armindo Rodrigues Pinto, fundador e diretor teatral do grupo. O Coletivo Pé de Poeta  já se apresentou em favelas, festivais, quilombos, terreiro de candomblé, Centro de Assistência Sócio Educativa, no Fórum Social Mundial, escolas e em várias cidades da Bahia.

Na França, o grupo, além de apresentar o espetáculo “África em Nós”, irá realizar três workshops. Será mostrado  o processo de criação com a pesquisa sobre os corpos negros, suas memórias cotidianas e do passado e o peso da história que leva ao racismo social e institucional atual.

Com uma estética própria, o coletivo uniu o método de dança Laban, a dança afro brasileira e os movimentos dedicados aos orixás do candomblé. A base são as técnicas do Teatro do Oprimido, desenvolvida pelo brasileiro Augusto Boal que, durante estada na França, fundou a instituição Théâtre de L’Opprimé, anfitriã do grupo baiano na Europa.