Cultural Música

JAM no MAM deste sábado (27) faz homenagem a João Gilberto

SANTINIETRIO_ft_Marcos_Sampaio

A música da JAM no MAM volta a soar na área externa do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM), em Salvador, neste sábado (27/07), quando a banda Geleia Solar fará uma homenagem ao cantor e compositor João Gilberto, que faleceu esse mês no Rio de Janeiro. Antes, porém, a abertura da noite contará com a participação do Santini & Trio, grupo baiano de música instrumental autoral que acaba de voltar de uma turnê por Portugal.

Os primeiros acordes da noite serão dados às 18h, quando Rony Santini (guitarra acústica), Rogério Ferrer (acordeon e piano), Flaviano Gallo (bateria) e Anderson Silva (contrabaixo elétrico) mostrarão ao público da JAM uma parte do show “Santini & Trio circulando”, com o qual estiveram nas cidades de Cascais, Ansião, Sintra, Coimbra, e Lisboa no inicio de julho. O repertório traz composições autorais de jazz influenciadas por ritmos como o ijexá, o samba, samba de roda a bossa nova, além de composições de João Donato, Tom Jobim, Caetano Veloso e Luiz Gonzaga. Essa será a segunda participação do grupo feirense na JAM no MAM. Em 2017 o Santini & Trio trouxe para o projeto uma parte do show que lhes garantiu o destaque no Prêmio Caymmi daquele ano – vencedor nas categorias melhor banda e melhor instrumentista (Flavia no Gallo).

Depois da abertura, a banda Geleia Solar assumirá seu posto de anfitriã para mais uma jam session no Solar do Unhão. Uma parte do repertório da banda será dedicada à obra do cantor e compositor João Gilberto, grande referência para os músicos da JAM. “João será sempre o rei do cool, o cara que inventou a arte de se fazer arte sem gritar”, lembra Ivan Huol, diretor artístico da JAM no MAM, que admite a forte influência da bossa nova e da discografia de João Gilberto na brasilidade com que o jazz é pensado – e executado – nas jam sessions baianas. “Com o CD ‘O Mito’ reaprendi a tocar bossa nova, sempre imaginando que, se um dia fosse tocar com ele, teria que ser a partir da essência do que chamo de silêncio sonoro, sabendo que nada poderia ser melhor que o próprio João e seu violão”.

Essa edição da JAM no MAM é mais uma vez financiada pelo seu público através da campanha FÃ da JAM. Os ingressos online podem ser adquiridos no link https://tinyurl.com/JAMsantini. Na campanha, o ingressos custa o valor real, de R$ 24. Para quem preferir pagar o valor popular, poderá comprar os ingressos na bilheteria da JAM, que funciona no dia do evento no próprio Solar do Unhão, a partir das 17h, custando R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia).