Camaçari Emprego e Renda Notícias

Ford Camaçari anuncia programa de demissão voluntária

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Ford e o Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari (STIM) fecharam acordo para abertura de um programa de demissão voluntária (PDV) e a extensão do layoff até o dia 31 de dezembro. O PDV é voltado para os empregados da área de produção e as inscrições serão abertas a partir de 1º de outubro.

Em comunicado, a montadora informa que a decisão tem o “objetivo de ajustar os níveis de produção à significativa desaceleração do mercado gerada pela pandemia”.

O STIM explica que o programa de demissão terá três momentos de adesão: de 1º a 9 de outubro; de 1º a 6 de novembro, e de 23 a 30 de novembro. Com isso, os valores a serem recebidos pelos funcionários irão variar de acordo com a data de adesão.

Para os contratados entre 2000 e 2003 serão pagos R$ 93 mil, num primeiro momento de adesão; no segundo momento, R$ 51 mil e no terceiro, R$ 31 mil.

Ainda, segundo o sindicato, os trabalhadores contratados entre 2004 e 2014 que aderirem ao PDV no primeiro momento receberão R$ 80 mil; depois R$ 38 mil e no último momento, R$ 30 mil. Esses valores também serão válidos para funcionários da manutenção e logística contratados a partir de 2015.

Já para os funcionários que entraram na Ford entre 2015 e 2020, os valores serão de R$ 40 mil, R$ 35 mil ou R$ 28 mil.

Além das quantias citadas, o acordo de PDV firmado entre a montadora e o Sindicato dos Metalúrgicos dá o direito ao trabalhador de utilizar a indenização na compra do KA SE, a custo de fábrica, no valor de R$ 43.800,00. Até o final de dezembro serão disponibilizados 800 veículos.