Cultural Nossa Origem

Exposição “Meu barquinho de papel” começa nesta quinta-feira (1)

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Imaginar o papel para além da escrita. Dar formas inusitadas àquele velho rascunho e até pensar que estamos voltando a brincar de ser criança. “A ideia é trazer à tona a influência das artes em nossas vidas”, conta o curador da exposição “Meu barquinho de papel”, Deo Senna. A mostra fica em cartaz no Foyer do Teatro Cidade do Saber de amanhã (1) até o dia 11 de dezembro, com entrada gratuita, das 8h às 18h.

O papel se torna arte na mão de 10 artesãos e artistas plásticos de Camaçari. As 25 peças, feitas de papel reciclado, refletem suas histórias e influências, que resultaram em esculturas, máscaras, gravuras e vestuários. “O objetivo é movimentar o cenário local e dar visibilidade aos artistas”, comenta Senna, que também é artista plástico e trará para a exposição o seu trabalho, intitulado de “Marias”.

A intenção também é reviver as primeiras artes feitas na infância: barquinhos e aviões de papel, por exemplo. É perceber que sempre podemos aproximar nossa realidade do universo artístico.

Serviço

O quê? Exposição “Meu barquinho de papel”

Quando? 1 a 11 de dezembro

Onde? Foyer do Teatro Cidade do Saber

Quanto? Gratuito