0800 Cultural

Exposição “Bordar os Sonhos” é inaugurada nesta quarta (10) em Salvador

bordado-732x732

Nesta quarta-feira (10/07), às 19h, será inaugurada na galeria RV Cultura e Arte, em Salvador, a exposição “Bordar os Sonhos: O Ponto e A Linha no Bordado Contemporâneo”, que reúne cerca de 50 obras em bordado, criadas por um coletivo de 10 mulheres bordadeiras do bairro de Sussuarana. O projeto divide espaço com mostra individual de sua idealizadora, a artista visual e psicóloga Flávia Bomfim, que também apresenta“Com quantos pontos se desfaz um rosto?”. A visitação é gratuita e pode ser feita de segunda a sexta, das 10h às 18h, e sábados, das 10h às 14h, até 31 de agosto.

Nesta exposição, estarão os resultados de um processo de expansão do fazer realizado ao longo de 2018. Foram convidadas três artistas – Lanussi Pasquali (BA), Vânia Medeiros (SP) e Valquíria Prates (SP) – para imersões criativas com as bordadeiras, com a premissa de produzir um trabalho têxtil a partir de suas próprias metodologias, ao longo de 40 dias cada uma. Temas, técnicas e referências diversos surgiram, e esta produção é que poderá então agora ser conferida pelo público. Trata-se, assim, da criação de mulheres negras da periferia soteropolitana, que produzem novos significados para seus cotidianos e revelam suas potências criativas, enquanto indivíduos produtores de discursos e belezas.

Nesta ocasião da culminância do projeto, enquanto os trabalhos estiverem sendo expostos, serão realizados um colóquio e uma oficina de bordado, ambos públicos e gratuitos, na própria RV Cultura e Arte. O colóquio “Conversa Têxtil”, na próxima sexta-feira (12), às 18h30, reunirá Flávia Bomfim ao lado de artistas convidados, como Marcelo Gandhi, Tininha Llanos e Vânia Medeiros. A proposição central é refletir sobre a arte do encontro.

Já a Oficina Guiada de Bordado, ministrada por Flávia Bomfim, terá duas turmas com 15 vagas cada, nos dias 17 e 24 de julho (quartas-feiras), das 15h30 às 17h. Qualquer pessoa acima de 17 anos pode participar, não é necessária experiência e todos poderão aprender ou aprimorar técnicas de bordado. Será um percurso pelas duas exposições têxteis da galeria, apontando alguns aspectos da linguagem têxtil, tendo o repertório dos pontos mais usados nas obras ensinado aos participantes.