Campanha 1 Ano do Programa Casa Melhor
Esporte e Bem estar Notícias

Entenda como será a Copa do Mundo de Futebol Feminino

47980528227_f79ffffdb5_k

A 8ª Copa do Mundo de Futebol Feminino da FIFA será realizada na França a partir desta sexta-feira (07/06) até o dia 07 de julho. A tabela dos jogos podem ser conferidos através do link.

Neste ano, 24 equipes disputam o título. Desde 1991, a copa feminina ocorre de quatro em quatro anos. Os Estados Unidos são tricampeões (1991, 1999 e 2015) ; a Alemanha (2003, 2007), bicampeão; Noruega (1995) e Japão (2011) têm um título cada.

As cidades-sede serão: Paris (Parc de Princes); Montpellier (Stade de la Mosson); Nice (Stade de Nice); Valenciennes (Stade du Hainaut); Lyon (Stade de Lyon); Reims (Stade Auguste-Delaune); Le Havre (Stade Océane); Grenoble (Stade des Alpes) e Rennes (Roazhon Park).

Das seleções que disputam, serão nove representantes da Europa (UEFA – União das Associações Europeias de Futebol), Inglaterra, França, Alemanha, Itália, Holanda, Noruega, Escócia, Espanha e Suécia; três representantes da América do Norte, Central e Caribe (CONCACAF – Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe), Canadá, Jamaica e Estados Unidos; três representantes da América do Sul (CONMEBOL- Confederação Sul-Americana de Futebol), Argentina, Brasil e Chile; três representantes da África (CAF – Confederação Africana de Futebol), Camarões, Nigéria e África do Sul; cinco representantes da Ásia (AFC – Confederação Asiática de Futebol), China, Japão, Coréia do Sul, Tailândia e Austrália; e um representante da Oceania (OFC – Confederação de Futebol da Oceania), Nova Zelândia.

São estreantes na Copa da França 2019 a África do Sul, Jamaica, Chile, e Escócia. Disputaram todas as edições aNigéria, Estados Unidos, Brasil, Japão, Noruega e Suécia.

Grupos

A – França, Coréia do Sul, Noruega e Nigéria

B – Alemanha, China, Espanha e África do Sul

C – Austrália, Itália, Brasil e Jamaica

D – Inglaterra, Escócia, Argentina e Japão

E – Canadá, Camarões, Nova Zelândia e Holanda

F – Estados Unidos, Tailândia, Chile e Suécia

As quatro equipes de cada grupo jogam entre si dentro do próprio grupo, classificam-se as duas primeiras de cada grupo, e as quatro melhores terceiro-colocadas. Na fase seguinte, as 16 seleções iniciam então o mata-mata com oitavas de final, quartas de final, semifinais, disputa do terceiro lugar e final.

Critério de desempate

Para classificação em cada grupo:

  1. Maior número de pontos em todos os jogos do grupo;
  2. Maior saldo de gols em todos os jogos do grupo;
  3. Ataque mais positivo em todos os jogos do grupo;
  4. Maior número de pontos dentre os ainda empatados;
  5. Maior saldo de gols dentre os ainda empatados;
  6. Ataque mais positivo dentre os ainda empatados;
  7. Menor número de pontos em cartões:

1 amarelo = – 1 ponto

2 amarelos = – 3 pontos

1 vermelho direto = – 4 pontos

1 amarelo + 1 vermelho = – 5 pontos

Para definir as posições dos terceiros colocados:

  1. Maior número de pontos ganhos;
  2. Maior saldo de gols;
  3. Ataque mais positivo;
  4. Critério dos cartões;
  5. Sorteio

Das oitavas até a final

Em caso de empate no tempo regulamentar:

  1. Prorrogação de 30 minutos
  2. Disputa de pênaltis

Países que sediaram a Copa do Mundo de Futebol Feminino

1991 – China

1995 – Suécia

1999 – Estados Unidos

2003 – Estados Unidos

2007 – China

2011 – Alemanha

2015 – Canadá

Países que disputaram a final

1991 – Estados Unidos 2 x 1 Noruega

1995 – Noruega 2 x 0 Alemanha

1999 – Estados Unidos 0 x 0 China  (5 x 4 pênaltis)

2003 – Alemanha 2 x 1 Suécia

2007 – Alemanha 2 x 0 Brasil

2011 – Japão 2 x 2 Estados Unidos (3 x 1 pênaltis)

2015 – Estados Unidos 5 x 2 Japão

Desempenho da seleção brasileira

O Brasil esteve em todas as edições da Copa do Mundo de Futebol Feminino. Disputou 30 jogos sendo 18 vitórias, 4 empates e 8 derrotas. Marcou 59 gols e sofreu 35.

1991 – Foi eliminado na fase de grupos

1995 – Foi eliminado fase de grupos

1999 – Terceiro lugar

2003 – Quartas de final

2007 – Vice-campeão

2011 – Quartas de final

2015 – Oitavas de final

Destaques individuais

Marta (Brasil) é a artilheira com 15 gols. A jogadora tem 33 anos, ainda está em atividade e vai disputar a Copa da França 2019.

Birgit Prinz (Alemanha) e Abby Wambach (Estados Unidos), vice-artilheiras com 14 gols. Ambas já se aposentaram.

Carli Lloyd (Estados Unidos) conquistou a bola de ouro em 2015. A atleta tem 36 anos, ainda em atividade e vai disputar a Copa da França 2019.

Hope Solo (Estados Unidos) foi eleita a melhor goleira das copas de 2011 e 2015. A atleta se aposentou em 2016.

Marta (Brasil) , Birgit Prinz (Alemanha) e Homare Sawa (Japão)  ganharam a Bola de Ouro (craque da Copa) e a Chuteira de Ouro (artilheira da Copa).

 

As informações são da Agência Brasil

Campanha 1 Ano do Programa Casa Melhor
Campanha 1 Ano do Programa Casa Melhor