Notícias

Desatenção é causa de quase 50% dos acidentes na Estrada do Coco

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Em 2018, 48% dos acidentes na Estrada do Coco (BA-099), do trecho entre a Ponte do Rio Joanes, em Camaçari, e a entrada de Praia do Forte, em Mata do São João, foram causados por desatenção na rodovia devido ao uso de celular e o cansaço ao volante. O balanço foi divulgado nesta terça-feira (14/05) pela Concessionária Litoral Norte (CLN), que administra a rodovia.

Durante o mês de maio, é realizada uma série de ações de conscientização para a segurança nas estradas entre motoristas e moradores da região da Estrada do Coco. A iniciativa faz parte do Programa Atitude Segura & Gentileza e do Movimento ‘Maio Amarelo’, que neste ano tem como tema “No trânsito, o sentido é a vida”. A proposta é o envolvimento de toda a sociedade em ações e reflexões sobre a necessidade de um trânsito mais seguro.

Entre os cuidados a se tomar antes de realizar uma viagem, é recomendável que o motorista não utilize o celular enquanto dirige, respeite a sinalização e os limites de velocidade, e descanse antes de pegar no volante. É necessário também realizar a manutenção preventiva do veículo conferindo o estado de pneus (inclusive o reserva), cinto de segurança, faróis, luzes de freio e pisca-alerta. Também é recomendável que sejam verificados níveis de óleo e água, amortecedores e que os carros tenham sempre triângulo, macaco e chave de roda em condições de uso.