Camaçari Notícias Saúde

Covid-19: técnica de enfermagem é primeira pessoa vacinada em Camaçari

Foto: Jean Victor
Foto: Jean Victor

A campanha de vacinação contra a Covid-19 começou em Camaçari nesta terça-feira (19) e em ato para apresentar o Plano Municipal de Vacinação, a técnica em enfermagem Ednalva Sousa Santos, 54 anos, atuante na Unidade de Pronto Atendimento Gleba A/Gravatá, moradora de Arembepe, que tem hipertensão e diabetes, foi a primeira pessoa a ser vacinada no município.

“Estava em casa ontem de noite, quando minha chefa me ligou, dizendo que eu seria a primeira imunizada. Eu fiquei muito ansiosa e ao mesmo tempo alegre, já que sou grupo de risco. Estou mais aliviada e vou trabalhar com mais tranquilidade”, falou Ednalva.

Inicialmente, Camaçari recebeu 2.040 doses da CoronaVac enviadas pelo Ministério da Saúde, que terão as primeiras quantidades aplicadas em igual número de pessoas. Conofrme a Secretaria de Saúde (Sesau), o mesmo quantitativo já está retido na Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) para ser aplicada a segunda dose.

“Essa pandemia, de alguma forma, afastou muito a gente. Hoje é um dia de esperança para Camaçari, é dia que vislumbra-se a possibilidade da gente voltar a nossa vida cotidiana”, disse o secretário Elias Natan.

A equipe que vai cumprir a agenda de vacinação a partir desta quarta-feira (20) também foi imunizada. O grupo cumprirá a agenda  nas unidades de pronto atendimento, hospitais e instituições de longa permanência para idosos – que possuem pessoas que compõem a primeira fase da campanha: profissionais de saúde da linha de frente de atendimento à população e idosos residentes em unidades de longa permanência. Esse público será vacinado no local de trabalho ou onde residam e as visitações ocorrerão todos os dias da semana, em seis roteiros, até a finalização.

“É isso que Camaçari está fazendo nesse dia histórico, dando a saída para o fim da pandemia por Covid-19. Mas, apesar dessa euforia, nós não podemos e nem devemos relaxar, temos que continuar tendo todos os cuidados que tivemos até agora, redobrados, justamente porque estamos vivendo um momento de crescimento da pandemia em função das festas de fim de ano”, pontou o vice-prefeito José Tude (DEM).