Notícias

Covid-19: SENAI CIMATEC e Russer vão produzir no Brasil ventilador pulmonar desenvolvido pela NASA

69177-curso-de-manutencao-mecanica-gratuito-no-senai-bahia-fieb-3

CIMATEC e Russer estão entre as 28 licenciadas selecionadas pela NASA para produzir o equipamento

O SENAI CIMATEC e a indústria da área de saúde Russer apresentam à imprensa, na próxima segunda-feira, dia 24.08, às 14h30, um novo modelo de ventilador pulmonar. O equipamento foi projetado por uma equipe de engenheiros do Laboratório de Propulsão a Jato (JPL) da NASA e foi batizado pela agência aeroespacial norte-americana de VITAL, da sigla em inglês de Ventilator Intervention Technology Accessible Locally.

A NASA realizou chamada pública para licenciar a tecnologia e atraiu 331 empresas do planeta e 30 do Brasil. Do total, 28 foram selecionadas – 9 delas dos EUA e 2 no Brasil (CIMATEC e Russer) – para desenvolver e fabricar o produto. A agência norte-americana liberou a patente do equipamento durante a pandemia, dispensando os royalties.

O SENAI CIMATEC, instituição vinculada à Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), e a Russer, indústria de equipamentos médicos, foram selecionadas no Brasil para fazer a nacionalização do produto e firmaram parceria para realizar melhorias e adequá-lo às especificações nacionais. Aqui, o ventilador pulmonar ganhou o nome de VIDA e foi o primeiro a ser homologado no mundo.

Um dos objetivos do SENAI CIMATEC com essa parceria será arrecadar recursos de instituições e empresas para doar cerca de 50 ventiladores para os estados e os municípios brasileiros. A Russer, que tem mais de 35 anos de experiência na indústria médica, será a fabricante do equipamento. A empresa concentrou esforços no processo de homologação com a Anvisa, obtida na última segunda-feira,17/08, e na preparação para produção em escala em sua fábrica em Indaiatuba, no estado de São Paulo.