Saúde

Coronavírus: Prefeitura de Camaçari se posiciona sobre rumores de servidores da saúde trabalhando infectados

Foto: Divulgação/Prefeitura de Camaçari
Foto: Divulgação/Prefeitura de Camaçari

Nesta sexta-feira (26), a Prefeitura de Camaçari se posicionou publicamente sobre a denúncia referente aos servidores da Unidade Básica de Saúde (UBS) da Gleba E. Segundo o órgão público,  a acusação partiu de uma moradora que acusou quatro funcionários de estarem trabalhando normalmente após testarem positivo para Covid-19

Confira o comunicado da Prefeitura na íntegra:

“A pasta informa que, assim que a diretoria do Distrito Sanitário Sede foi informada da positividade para o novo coronavírus de uma funcionária da UBS Gleba E, no dia 20 de junho, imediatamente iniciou uma triagem com todos os servidores da unidade para a identificação e afastamento de sintomáticos.
Em seguida, todos os sintomáticos suspeitos, que compareceram à unidade no dia do aparecimento dos sintomas da servidora que testou positivo, foram orientados e encaminhados à consulta médica. Não havendo sintomáticos ou casos de afastamento pelo médico assistente, foi realizado teste rápido em todos os funcionários que tiveram contato direto com a servidora no dia 25 de junho (tempo oportuno para a realização desse tipo de teste).
Foram realizados 10 testes rápidos, incluindo os profissionais que tiveram contato direto e os indicados pelo médico assistente, que consultou todos os servidores. Todos os testes apresentaram resultado negativo. Entretanto, a Sesau continua monitorando os profissionais dessa unidade com o cumprimento da Portaria Municipal Nº 26/2020 e com a instituição de protocolo de prevenção, como a aferição de temperatura diária antes do turno de trabalho e atenção ao aparecimento de sintomas respiratórios.
No que diz respeito à denúncia sobre a falta de Equipamento de Proteção Individual (EPI) na unidade, a diretoria do Distrito Sanitário Sede informa que nunca ocorreu desabastecimento”.