Notícias Notícias Poder Público Político Saúde

Consórcio intermunicipal: Policlínica deve atender a 15 municípios da RMS

A Policlínica será construída em Simões Filho e irá atender os municípios vizinho. Foto: Carol Garcia/GOVBA
A Policlínica será construída em Simões Filho e irá atender os municípios vizinho. Foto: Carol Garcia/GOVBA

O Governo do Estado autorizou no começo desta semana a construção da Policlínica Regional em Simões Filho, que deve atender a 15 municípios da Região Metropolitana, incluindo Camaçari. A unidade será construída em um terreno na via marginal à BR-324.

A ordem de serviço foi assinada na segunda-feira (16). Somando gastos com obra e equipamentos, a concretização da Policlínica custará cerca de R$ 20 milhões, valor que será assumido integralmente pelo governo estadual.

A manutenção será compartilhada entre o Estado, que financiará 40% dos custos, e os municípios consorciados, que vão cobrir os 60% restantes, proporcionalmente à sua população.

De acordo o secretário de Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, a Policlínica oferecerá todos os exames de imagens, laboratoriais e especialidades necessárias para acabar com a fila de espera nos municípios consorciados. “Importante destacar que essa policlínica só atenderá pacientes que forem encaminhados pelos municípios consorciados”, ressaltou Vilas-Boas. Entre os exames estão ressonâncias, eletros, Raio-X, colonoscopia, mamografias, tomografias e outros.

Apesar do governador Rui Costa ter assinado a ordem de serviço, que autoriza a Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado, através da Conder, dar início ao processo licitatório, ainda não há previsão para o começo das obras que devem durar 11 meses.

Segundo o secretário Municipal de Saúde, Elias Natan, isso ocorre porque a obra será financiada pelo Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD) e necessita que todos os municípios assinem o protocolo de intensões, além de aprovação das respectivas Câmaras Municipais. Em Camaçari, a Câmara aprovou a participação do município no consórcio em 2016.

Com informações da Ascom PMC