Bahia Cultura e Entretenimento

Confira as vencedoras do Prêmio Tabuleiro da Baiana, parceria do Senac e ABAM

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Foram anunciadas as vencedoras do Prêmio Tabuleiro da Baiana, promovido pelo aplicativo Tabuleiro da Baiana em parceria com o Senac e a ABAM (Associação Nacional das Baianas de Acarajé). Em um evento restrito realizado no Museu da Gastronomia Baiana, no Pelourinho, foram entregues os prêmios divididos em três categorias que tiveram as seguintes ganhadoras: Acarajé da Conça com o melhor abará, Point do Acarajé com melhor acarajé e Acarajé da Mary com o melhor tabuleiro.

As premiadas foram agraciadas com o troféu Prêmio Tabuleiro da Baiana 2020, além de voucher disponibilizado pelo SENAC e valor em cupons de desconto para utilização no aplicativo para cada uma das vencedoras das respectivas categorias .

A premiação tem o objetivo de promover o reconhecimento e a valorização das baianas de acarajé e seus tabuleiros e contou com a participação de cerca de 55 baianas concorrendo em duas fases. O prêmio conta com o apoio do Governo da Bahia através da Secretaria de Turismo e da Prefeitura de Salvador através da Secretaria de Cultura e Turismo.

 

O Prêmio Tabuleiro da Baiana é uma iniciativa da startup baiana FoodTec, criadora do aplicativo Tabuleiro da Bahia, que de forma empreendedora e criativa, desenvolveu uma forma de contribuir com o trabalho das baianas de acarajé, durante a pandemia da Covid 19. O aplicativo é uma forma de fomentar o serviço de delivery e criar um guia online que permite ao usuário localizar as baianas mais próximas dele por geolocalização para que elas pudessem disponibilizar seus produtos para seus clientes por meio do delivery.

“Sabemos que o impacto da pandemia para as baianas foi devastador para muitas que dependem do seu tabuleiro para o sustento da família. Por isso, nosso primeiro projeto foi destinado a elas, buscando uma alternativa de venda e uma rápida adaptação ao digital. Hoje as baianas podem contar com um aplicativo 100% destinado a elas” – afirma Alexandre Powell, CEO da FoodTec. A ideia é que esse prêmio seja realizado anualmente passando a integrar o calendário oficial.