Poder Público Político

Câmara de Camaçari emite nota referente à aprovação de reajuste salarial

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Na tarde desta quinta-feira (1), a Câmara de Camaçari emitiu nota referente à aprovação na última terça (1) de reajuste salarial dos vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários. No texto, a Casa Legislativa detalha alguns trechos do projeto. A aprovação parlamentar repercutiu não só em Camaçari, mas também na mídia estadual, valendo frisar que nas redes sociais e também nas ruas da cidade, a população, sindicatos e servidores se posicionaram contra o aumento dos salários. O projeto passará agora pela apreciação do poder executivo municipal.

Confira a nota na íntegra:

Sobre o reajuste no subsídio dos vereadores de Camaçari, que foi aprovado na última terça-feira (01/11), a Câmara Municipal esclarece:

  • O vereador só tem os salários reajustados a cada quatro anos.
  • O índice de reajuste proposto não é de 50%, como foi noticiado por alguns órgãos de imprensa.
  • O percentual exato do reajuste foi de 6.43% ao ano, o que totalizou um aumento de R$ 2.578,47 no salário dos vereadores, que, dividido pelos últimos 4 anos, equivale a um aumento de R$ 644,00 ao ano.
  • O reajuste aprovado na última terça (01/11) só entrará em vigor na próxima legislatura, a se iniciar em 1º de janeiro de 2017.
  • O reajuste não representará acréscimo de um centavo nos gastos públicos do município, pois não haverá qualquer aumento no valor repassado pela Prefeitura à Câmara Municipal.
  • Os vereadores não têm direito a férias e 13º salário. 
  • Em Camaçari, diferente de outras casas legislativas, não há o pagamento por participação em sessões extraordinárias.
  • Após o reajuste, os vereadores só terão um novo aumento em 2021.