Esporte e Bem estar

Camaçariense Dilma Mendes destaca desafios em assumir comando da Seleção Brasileira Feminina de Fut7

IMAGEM_NOTICIA_1

A camaçariense Dilma Mendes começa 2019 assumindo o comando da Seleção Brasileira Feminina de Fut7. Tendo uma extensa experiência como treinadora, para ela, o sentimento de encarar essa nova tarefa é de alegria. “Uma mistura da felicidade com a esperança de que é possível trabalhar em Camaçari, representar o município com atletas da terra e ter reconhecimento no Brasil. Isso é o máximo”, exalta.

Já para este ano, a Seleção enfrenta importantes competições internacionais, como a Liga das Américas, que acontece no mês de abril em Porto Alegre, a Copa das Nações, em agosto e setembro em Motividéu, no Uruguai, e a Copa do Mundo, realizada em Roma, na Itália, no mês de setembro.

Mas além de deixar um legado com títulos, o desafio para Dilma é também o de enfrentamento. “Poder corresponder com a confiança de ser protagonista, mulher, negra, num cargo historicamente ocupado por homens”, ressalta.

Este é um embate que permeia a trajetória da esportista. “Fui ex-atleta pioneira de futebol, dos tempos em que leis proibiram a mulher de jogar futebol”, relata. Em 1976 ela criou a primeira equipe de futebol feminino de Camaçari e a partir de então foi galgando ainda mais espaço.

Após sofrer uma lesão no joelho, Dilma não abandonou o esporte e passou a ser técnica de times femininos, mas há 23 anos planejou ousar e partir para ser treinadora também de times na categoria masculina. “O período inicial foi extremamente preconceituoso e desmotivador. Tinha tudo pra desistir”, conta. Mas Dilma transformou os percalços dos dias ruins em motivação, disciplina e hábitos para conquista do seu objetivo. “Ser respeitada como treinadora, mulher profissional de futebol masculino”.

Ela então foi estudar e vivenciar a modalidade, criou grupos de estudo com temas táticos construtivistas, concluiu pós graduação na área e fez cursos nos Estados Unidos e Espanha. Os resultados vieram. Até chegar ao comando da Seleção Brasileira Feminina, Dilma passou por equipes como o Vitória, Bahia e Palmeiras, foi representante no Brasil de futebol e futsal do National American University, além de ter passado pela Federação Baiana e Confederação Brasileira de Futebol 7 Society.

Os títulos são inúmeros, entre a categoria masculina e feminina de futebol, futsal e fut7, coleciona conquistas como o Campeonato Baiano e Brasileiro, Torneio Internacional, convocação para a Seleção Baiana, prêmios de personalidade baiana e de melhor treinadora.