Político

Bolsonaro volta atrás em decisão e anuncia que será vacinado neste sábado (3)

foto: reprodução
foto: reprodução

O presidente da República, Jair Bolsonaro,  informou ao Ministério da Saúde que pretende se vacinar contra a Covid-19, após declarar na última quinta-feira (1),  que só decidiria tomar a vacina ou não após “o último brasileiro” ser imunizado. O mandatário pretende receber a imunização  hoje (3), segundo o cronograma da rede pública de saúde do Distrito Federal que iniciará a imunização para pessoas com 66 anos, que é a faixa etária de Bolsonaro.

“Está uma discussão agora se eu vou me vacinar ou não vou me vacinar. Eu vou decidir. O que eu acho? Eu já contraí o vírus. Eu acho que deve acontecer: depois que o último brasileiro for vacinado, se tiver sobrando uma vacina, então eu vou decidir se me vacino ou não. Esse é o exemplo que um chefe deve dar. Igual no quartel. Geralmente o comandante é o último a se servir”, argumentou Bolsonaro na última quinta (1).

Segundo o Metro 1, a expectativa é de que o presidente receba a primeira dose do imunizante da AstraZeneca/Oxford . O local de vacinação ainda não foi definido pelo Gabinete de Segurança Institucional GSI). Poderá acontecer ou no Ministério da Saúde ou em um posto de saúde em Brasília.