Poder Público Político

Bancada governista alega reunião de emergência e assuntos gerais é suspenso na sessão de hoje (18)

Foto: Heriks Trabuco/ DICOM Câmara Municipal
Foto: Heriks Trabuco/ DICOM Câmara Municipal

A 14ª sessão ordinária realizada hoje (18) na Câmara Municipal de Camaçari terminou sem os assuntos gerais. A retirada foi colocada em votação e teve apoio total da bancada governista, com 14 votos favoráveis e quatro contrários.

Segundo informou o presidente da Casa, Oziel Araújo (PSDB), a suspensão dos assuntos gerais se fez necessário porque os vereadores da situação foram convidados a participar de reunião emergencial com a administração municipal ainda nesta quinta-feira para tratar, principalmente, dos problemas provocados pelas chuvas no município.

“Já sabemos que vocês têm a maioria aqui. A gente gostaria muito hoje de poder ter os assuntos gerais porque o país está vivenciando, desde a noite de ontem, um momento crítico para a nossa nação”, disse o petista Jackson, ao mesmo tempo em que solicitou a participação da bancada de oposição no encontro.

Para evitar a suspensão, o líder da oposição na Câmara, vereador Téo Ribeiro (PT), sugeriu a que uma comissão composta por cinco vereadores participasse da reunião e dessa forma não impediria a realização dos assuntos gerais.

“O que vocês têm a tratar é mais importante para o município do que tratar do problema das chuvas, das pessoas que provavelmente possam ficar desabrigadas? Porque para falar a respeito do presidente Temer nós temos a semana inteira”, rebateu o líder do governo na Casa, o demista Jorge Curvelo.

“Ninguém falou aqui que quer falar de Temer não. Tem vários assuntos, inclusive do município. Então, eu acho que você [Jorge Curvelo] está com medo do debate”, defendeu o vereador Dentinho do Sindicato (PT).