Militância Social Notícias Político Satélite RMS

Baianas de acarajé serão incluídas na Classificação Brasileira de Ocupações

O ofício já é reconhecido como Patrimônio Imaterial Brasileiro. Raul Spinassé | Ag. A TARDE
O ofício já é reconhecido como Patrimônio Imaterial Brasileiro. Raul Spinassé | Ag. A TARDE

Nesta segunda-feira (3) foi iniciado estudo para inclusão do ofício das baianas de acarajé na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). A solenidade ocorreu na manhã de hoje, na sede da Superintendência Regional do Trabalho na Bahia (SRT), em Salvador.

A análise será feita por técnicos da Universidade de São Paulo (USP), que devem entrevistar cerca de 3.500 baianas de Salvador. O trabalho tem conclusão prevista para o fim de julho.

Há 15 anos lutando pela regulamentação da atividade, a partir do reconhecimento da profissão elas passaram a ter direitos trabalhistas como a aposentadoria e o auxílio doença em casos de acidente de trabalho.

De acordo com o secretário executivo do MTE, Antônio Correia, o evento de hoje já permite, tecnicamente, a inclusão de baianas na CBO. Porém, uma solenidade oficial será realizada em Brasília até o fim do mês.

Desde 2005 as baianas de acarajé são consideradas Patrimônio Imaterial Brasileiro, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Isso interfere diretamente na prática do ofício: produção tradicional e a venda dos quitutes em espaços públicos, em tabuleiros, com a utilização de azeite de dendê e o culto aos orixás, a quem são oferecidos os alimentos produzidos.

Informações Agência Brasil

Sobre o Autor

Redação

Deixar Comentário

Clique aqui e deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *