Notícias

Aluguel de casas de veraneio cresce mais de 1.000% no Litoral Norte

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A necessidade do isolamento social levou ao boom de um segmento do mercado imobiliário que deve se tornar tendência para os próximos anos: as casas de veraneio. Nos meses de junho e julho, a OR – braço imobiliário do Grupo Odebrecht – registrou nas diárias do Quintas Private Residences – empreendimento de alto padrão situado na região de Sauípe no litoral norte da Bahia – um aumento de procura superior a 1000% em relação ao mesmo período do ano passado.

Historicamente, o período não é um dos mais disputados para estadia, justamente por fazer parte da baixa estação, com a predominância de dias menos quentes e mais chuvosos. No entanto, a pandemia tem revelado uma nova demanda do consumidor, que são justamente as moradias mais isoladas das metrópoles.

“O aumento de procura foi expressivo e demonstra a necessidade de um espaço capaz de oferecer conforto e segurança, e toda infraestrutura para uma rotina que possibilite o home office e lazer, mas isolado dos grandes centros urbanos, e contato próximo com a natureza e seus atrativos, como as praias desertas, ar puro e paisagens deslumbrantes”, destacou o presidente da OR, Eduardo Pedreira.

O aumento da procura foi sentido inclusive no aluguel para os dias úteis. Com diárias que ocorreram somente nestes períodos, a empresa observou um crescimento na ordem de 2.500%, na comparação dos bimestres entre os anos de 2019 e 2020.

Com uma demanda cada vez mais evidente, a OR deve continuar explorando o potencial desse mercado, não só por meio do Quintas Private Residences, mas de outro empreendimento na região, que é o Reserva Sauípe – condomínio de lotes, também com estrutura de alto padrão, para a construção de casas de praia, cuja primeira fase já está 100% vendida.