Diversidade Salvador

Afro Saúde, TrazFavela e outras startups da Vale do Dendê são selecionadas para programa de aceleração da Qintess

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Comandadas por jovens oriundos da periferia de Salvador e afrodescendentes, as empresas trazem soluções diversas e foco em questões sociais

O Qintess Ignite Startups, programa de aceleração da Qintess, uma das dez maiores empresas de tecnologia do país acaba de anunciar as startups escolhidas para participar da aceleração. O projeto lançado em junho deste ano, conta entre as empresas selecionadas com startups da Vale do Dendê, centro de inovação para as periferias de Salvador. A seleção é fruto da parceria entre a organização e a Qintess, que tem como objetivo aumentar o número de profissionais da diversidade no ecossistema da tecnologia, onde a presença de profissionais afro-brasileiros ainda é muito limitada.

As startups selecionadas Afro Saúde, TrazFavela, Infleet e Aoca Game LAB tem em comum a força da inovação da periferia de Salvador. Com soluções diversas as startups chegam para complementar o portfólio de ofertas da Qintess, criando soluções estratégicas e gerando novos negócios.

Breno Barros, vice-presidente de inovação & marketing da companhia, ressalta a importância da parceria com a Vale do Dendê no programa. “O programa de aceleração da Vale do Dendê tem uma atuação muito forte na formação das soft skills desses profissionais e o Qintess Ignite Startups é voltado a geração de novos negócios, com isso são programas que se tornam complementares. As quatro startups escolhidas estão em um momento muito maduro de seus negócios e de fato fazia todo sentido para nós incorporá-las, já que elas trazem inovações de extrema importância para diversos públicos”.

A parceria entre a Qintess e a Vale do Dendê irá se estender para as demais startups do programa Ignite Startups, com os fundadores da organização Paulo Rogério Nunes, Ítala Herta e Rosenildo Ferreira que passam a ser mentores do programa. A intenção com essa mentoria é levar a visão de soluções de questões sociais para as outras 10 startups participantes do programa.

Para Nana Baffour, CEO, Chairman & Chief Culture Officer da Qintess, a pluralidade das empresas selecionadas evidencia a riqueza e o potencial das periferias. “As startups oriundas da Vale do Dendê resolvem problemas que não encontramos em outras startups pelo fato de vivenciarem com empatia uma realidade que outras “das capitais” não imaginam. Além do fato de que uma delas se conecta a nossa visão estratégica de entrar no segmento de games até 2021”.

As empresas selecionadas terão suporte completo da Qintess, com direito a sessões de mentoria de executivos internos e externos, suporte a desenvolvimento tecnológico especializado, suporte em marketing, financeiro e jurídico e, ainda, espaço de trabalho dentro do novo escritório central da Qintess, em São Paulo, e também em New York/EUA.